Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As Cigarras

                   Cigarras em cânticos suaves ou estridentes
             Ah, trouxessem elas o deslumbre de outras paragens
              Ninfas adormecidas em solo sem nenhuma imagem
                 Gritos que ecoam na mata virgem e selvagem.

                      Tardes febris, em árvores escondidas
                 Frenéticas em ostentação à beira da estrada
                      Nutridas da seiva das raízes líquidas
                      Se fazem forte sempre em despedida,

                    Cigarra cujo canto anuncia a primavera
                     Mas o tempo impera e folha desespera
                     Como uma praga em plantações invade
                     Desfazendo o viço da verde folhagem.

                 O tempo não faz aliança, sua natureza é restrita
                      Enquanto a tristeza em contrapartida
          Forjada de felicidade, envolve seu canto de contentamento
                    No momento crítico em que está morrendo.

 
Verdana Verdannis
Enviado por Verdana Verdannis em 24/01/2019
Reeditado em 22/05/2019
Código do texto: T6558353
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verdana Verdannis
Fortaleza - Ceará - Brasil
322 textos (26045 leituras)
46 áudios (2327 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/19 11:15)
Verdana Verdannis