Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do jardim ao quintal

Mudando o rumo da prosa, o colorido da rosa
Aquarelando o  jardim, entre hibisco e jasmim
Segue  esbanjando  cores, e morre de amores
Pelo colibri, beija aqui e ali, não está nem aí...
O brinco não é  de  princesa, amarela  realeza
Fincado no chão, ele ri, nessa  doce confusão
Faz mel  a abelha, voando  aonde  dá na telha
Pólen vai levando, e as novas cores formando
Na imensidão do espaço pequeno, do portão
Ao quintal, asas  de insetos, em instrumental
Toque de  tantos  sons, fique à  ouvir, e foque
A câmera, rápida ou lenta, e sempre, efêmera.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 18/11/2018
Código do texto: T6505450
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1376 textos (42647 leituras)
2 áudios (109 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 23:12)
Meri Viero