Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flores da Érica

Um véu amanheceu cobrindo o dia,
Escondeu  as  paredes cimentadas;
Tão altas, molhadas pela névoa fria,
Imponentes em belezas inacabadas.

Beijou as  flores pequenas  da Érica,
Rosas meninas ao verde; camuflada...
Pela grama; já  a vejo  como  réplica,
Daquela que florescia sempre rosada.

Que de repente secou; se foi descuido...
Não sei; sei que, agora regada, cuidada,
Se desenvolve bela, e já é tão admirada;
Ao vento folhas, flores, e o caule miúdo.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 14/10/2017
Reeditado em 16/10/2017
Código do texto: T6142177
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1377 textos (42734 leituras)
2 áudios (111 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 09:59)
Meri Viero