Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tapume de Burrice

O tapume caiu
Angariou
Iminente a ele
Enorme sujeira
E tão de repente
Levou muita gente
Daqui para pior
Apalermados!
Fizeram assim um maior
Mesma gente
Tão medíocre
Retrocedendo a realidade
E despencou outra vez
Tal frágil muralha de pó
Levando novamente
Uma demasiada tropa de toupeiras
E mais uma vez
Eternamente
Reincide
Até que não reste nenhum imbecilizado
Para erguer meros muros mortais.


    Irmão das Almas
Elias Benedito
Enviado por Elias Benedito em 03/07/2019
Código do texto: T6687791
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Elias Benedito
Mariana - Minas Gerais - Brasil, 17 anos
38 textos (964 leituras)
1 áudios (57 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/20 08:36)
Elias Benedito