Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MALA SEM ALÇA

Pois é, o chifre dói
E o veneno corrói
O coração de um apaixonado
Pela dona do pedaço
Depois do último abraço
Me deixou estatelado

Na sarjeta da solidão
O entregador de pão
A arrastou levando embora
E agora o que é que eu faço
Estou virado num bagaço
No lixo jogado fora

Chorar não adianta nada
Arranjei outra namorada
Que me fez de capacho
E num bailar de valsa
Me chamou de mala sem alça
Só porque sou borracho?

Escrito as 15:22 hrs., de 26/07/2019 por
NELSON RICARDO
Enviado por NELSON RICARDO em 26/07/2019
Código do texto: T6705211
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
NELSON RICARDO
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
3680 textos (25245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/19 08:24)
NELSON RICARDO