Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Emoção e Lágrimas

Segurei a sua mão
Tão desprotegida e fria
O braço antes forte
Agora tão fraco...
A sua voz fraca ...  Quase nada!
Os seus olhos cerrados
Seu rosto tão magro!
As suas veias transparentes
O sangue flui de vagar
As suas pernas quase entrevadas
Chorei...
Eu me emocionei
O que o tempo fez contigo pai?
Ele falquejou até o cerne
Ele consumiu as suas forças
Tirou a sua visão e audição...
A vida está tão pouca, se exauriu!
Dorme o dia todo, vegeta no seu leito.
O que restou do homem forte e destemido?
Hoje, restou-lhes, dor e gemidos.
Acariciei os seus cabelos brancos
Fiz um carinho naquele rosto magrinho
E saí chorando, numa despedida, sofrida!
Sussurrei: Pai Eu lhe amo!




Edisj
Enviado por Edisj em 05/01/2020
Código do texto: T6835094
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Edisj
Agudo - Rio Grande do Sul - Brasil, 67 anos
412 textos (4849 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 04:19)
Edisj