Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Violação de Direitos



Gilberto Carvalho Pereira
Fortaleza, CE, 20/6/2020

O sol que ilumina o seu pálido rosto
Queima a testa do sofrido agricultor
Que dia a dia labuta sempre disposto
A saciar a fome do mundo, sem pudor!

De madrugada segue sempre a cultivar
Com carinho, dedicação e fiel amor
Pelo escasso pão da família alimentar
Rogando humildemente a Deus um favor.

Que dê saúde ao rebanho que ele plantou
São as esperanças de um futuro promissor
E que não passem a amargura e o pavor.

Que sua geração sempre assistiu, suportou
Desprezo, desdém, por ser um zé ninguém
Fruto da injustiça que o mundo proporcionou.

Gilberto Carvalho Pereira
Enviado por Gilberto Carvalho Pereira em 20/06/2020
Código do texto: T6983195
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Gilberto Carvalho Pereira
Fortaleza - Ceará - Brasil, 76 anos
337 textos (18856 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 11:39)
Gilberto Carvalho Pereira