Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RAUL DE LEONI VOLTOU* 18h24min.

LUTA
Aí na terra, as bem aventuranças
São os sonhos que o Espírito agasalha,
Mas, mesmo após a morte, a alma trabalha
Buscando o céu de suas esperanças.

Muita vez, quando pensa que descansas,
Além te espera indômita batalha,
Onde o suposto gozo se estraçalha
Sob o guante acerado das provanças.

Para cá do sepulcro a dor antiga,
Que lhe traz o desanimo, a fadiga,
Sob a luz da verdade que atenua;

A febre das paixões desaparece,
O Espírito a si mesmo reconhece,
Mas a luta infinita continua.
Raul de Leoni
“Fluminense nascido em Petrópolis em 1895 e desencarnado em Itaipava, com apenas 31 anos. Bacharel em Direito, foi deputado estadual e posteriormente Secretário de Legação. Entre os talentos da chamada nova geração, a sua afirmativa nos domínios da Arte Poética pode considerar-se das mais fulgurantes. Além de Ode a um poeta morto, dedicado a Olavo Bilac, de quem foi amigo dileto, deixou Luz Mediterrânea, considerado como seu livro de ouro.” FEB
Agora palavras nossas.
Esta poesia que foi transcrita do livro Parnaso de Além Túmulo, que foi o primeiro livro psicografado de Francisco Cândido Xavier, em 1932, quando o sensitivo tinha tão somente 22 anos, por diversos motivos, concluiu tão somente o curso primário...
              Este monumental livro é uma prova inconteste, que a mediunidade existe, isto é, a possibilidade dos que já “partiram”, “voltarem” a escrever pelas abençoadas mãos de um sensitivo... Há os que crêem nesta “possibilidade”, outro nem tanto, porém, sem sombra de dúvida, Chico Xavier, foi um médium  excepcional, ao longo de seus 92 anos de existência terrena, (1910/2002) deixou um acervo fantástico, pois são mais quatrocentos livros, Filosofia, Ciência e de Religiosidade...
              A Terceira Revelação teve sua “Complementação” através de seus livros mediúnicos, é como se “eles” voltassem a afirmar: a morte não existe, a indumentária “física”, perece, mas a alma que o “comandava”, sobrevive, podendo voltar a escrever, através de um sensitivo, em que aja uma sintonia vibratória... 19h13min. Curitiba, 13 de agosto de 2019 – Reflexões do Cotidiano – Saul
http://www.mensagensespiritas.xyz         walmor.zimerman@bol.com.br
https://www.recantodasletras.com.br/autores/walmorzimerman

Walmor Zimerman
Enviado por Walmor Zimerman em 13/08/2019
Código do texto: T6719530
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walmor Zimerman
Curitiba - Paraná - Brasil, 78 anos
1326 textos (95365 leituras)
1 áudios (82 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 19:48)
Walmor Zimerman