Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bálsamo


Seus olhos vermelhos de tanto chorar,
Só vêem escuridão.
O seu reflexo no espelho,
Não quer acreditar,
Nessa amarga solidão.

Espinhos te cortam, o coração sangra.
Só quer por um fim a tanta dor.

Mas seja o que for que te abateu,
Não é maior do que Deus.

Só Ele pode curar, as suas feridas.
E te levantar...
Ele é o bálsamo de Gileade.
Ele é o bálsamo de Gileade.
Bálsamo de Gileade.
Antonio Candido Nascimento
Enviado por Antonio Candido Nascimento em 23/07/2019
Reeditado em 23/07/2019
Código do texto: T6702876
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Candido Nascimento
Serra - Espírito Santo - Brasil, 60 anos
246 textos (8175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 02:37)
Antonio Candido Nascimento