Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOI ASSIM

Interrogo-me no teu olhar
e no profundo do teu oceano
quando te sinto em silêncio e solidão
no fundo do teu fundo
não sinto o brilho de um sorriso
Que renasce em mim em cada vez que te olho
sinto teus olhos sós
em quatro paredes às vezes
rodeadas de nada
e de tudo que se tornam
Sonhos histórias de histórias
e agarras-te a elas
fazendo do olhar que queiras
a realidade dos sonhos que passaram
Mas sabe uma coisa?
cada vez que "sinto"teus olhos
sinto a beleza que há em ti
Não deixe que o silêncio tome o teu sonho.

Luamor

Espiral - Vou banindo

http://www.youtube.com/watch?v=_yA8NgQV50w


============================

Eximia poesia do mestre José Coelho Fernandes que muito me honrou

TEUS OLHOS
 

Teus olhos são duas pérolas
Que enfeitam meu viver,
Duas safiras, dois diamantes
O sol nascente a alvorecer.
 
Teus olhos são o alimento
Que meu coração necessita,
São a graça o amor e ternura
A eterna intensa luz bendita.
 
Teus olhos são uma oblação
Com exuberância infinita,
Balsamo para o meu coração
Que nas nuvens está escrita.
 
Teus olhos tem algo profundo
De profundidade eminente
Que sacia o coração daquele
Que de amor está sedente.
 
Teus olhos me incendeiam
Queimando meu coração,
São para mim um tesouro
Meu amor minha paixão.


José Coelho Fernandes


Exelente soneto do mestre Jacó Filho, que muito me honrou


OLHOS DE ÁGUIA
 
Dos anjos da emanação, primeira,
Dez cefiras, preservaram de Deus,
O DNA Divino, ao moldar os Seus,
Mas pro ser humano é só besteira...
 
Sete céus abaixo quem o percebe,
E traduz em versos de sua escrita,
Tem sua escrivaninha mais bonita,
Com tanta inspiração que concebe...
 
Este olhar de águia te faz diferente,
Trazendo do cosmos, toda sintonia,
E o leitor atento, ver na tua poesia...
 
O "Q" de arcanjo, quase eloquente,
Transfere pra gente imensa alegria,
No amor latente que do céu irradia...(Reedição)

Jacó Filho

============================

"Te amo sem saber como, nem quando, nem onde, te amo diretamentesem problemas nem orgulho: assim te amo porque não sei amar de outra maneira."

Pablo Neruda
Luamor
Enviado por Luamor em 25/06/2018
Reeditado em 30/06/2018
Código do texto: T6373785
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luamor
São Paulo - São Paulo - Brasil
1056 textos (79727 leituras)
17 áudios (866 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/19 08:17)
Luamor