Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Notívaga desesperança

Notívaga desesperança,
Senta ao meu lado na sacada
E faz coro comigo
nesse grito
ao infinito,
Para trazer de volta
Minha incrédula crença,
Que me consome
e que me traga,
Como o fogo,
que a implacável chuva
apaga.
E, depois que tudo acabar,
Restará um nada em meu peito.
Tu, porém, ficarás a esperar
Por mais uma noite,
insone,
notívaga,
sem esperança...
E já não mais se ouvirá
Do infinito
resposta àquele grito...
Ed Morais
Enviado por Ed Morais em 16/11/2019
Código do texto: T6796261
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ed Morais
Manaus - Amazonas - Brasil, 59 anos
182 textos (7036 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 07:54)
Ed Morais