Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EX-AMOR

No dia que me viu
sorriu...
e na noite vadia
beijou minha boca, muito aloprada
com gosto de cravo e canela;
Sim! Era ela ....
Veio do mundo com a mão gelada
tateou meu corpo quente e nu,
e sugando minha nudez
gozou feito rameira,
ultrapassei, descompassei
como se fosse ela a primeira,
perdi a timidez;

O vento soprou, o tempo passou
anoiteceu nos versos agora sem rima,
A tela esmaecida perdeu a cor,
desfez-se a obra prima,
sem nada, sem a lágrima fria
e feito sombra sombria, indolor
simplesmente fez beicinho de desdém
E no meio do dia
tornou-se meu ex-amor.


27/11/09
Reescrito 08/11/19
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 08/11/2019
Reeditado em 08/11/2019
Código do texto: T6790081
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (DIREITOS AUTORAIS REGISTRADOS - ANDRADE JORGE). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1158 textos (100533 leituras)
28 áudios (1995 audições)
2 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 08:14)
ANDRADE JORGE