Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você desperta a tragédia em mim

Se eu fosse a mesma romântica
 me arriscaria na ruas tijucanas
Pra ter a chance de em um relance
Poder te ver sem que me vejas.
E não haveria perigo ou tropeço
Que me impediria de tentar vê-lo.
Mas eu não sou a mesma,
E você não é o mesmo
E eu desconheço dos teus trejeitos
E agora é o jeito,
Como as coisas são.
Não vagarei por um momento
Que virá sem prontidão.
Pois eu já fui tal caminhante
E te clamava em cada canção...
Mas agora tento ser pensante
E caminhar na contra-mão.
Nossas vidas tangenciaram
Mas o amor não é destinado
não foi isso que o filósofo disse
'O destino deve ser amado'
mesmo que o nosso tenha sido triste.



Fernanda Chagas
Enviado por Fernanda Chagas em 19/09/2019
Código do texto: T6748395
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernanda Das Chagas Gonçalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Chagas
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 17 anos
10 textos (114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 04:08)
Fernanda Chagas