Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FERA DA BELA

A FERA DA BELA
j.Torquato

OLHANDO A TRANQUILIDADE DE SUA SORRIDENTE FACE
DEIXO ESCAPAR A INTUIÇÃO DO VULCÃO
POIS O ESPELHO PRINCIPAL É COMO UMA SONDA FILMADORA
A CAMINHAR PELO SEU INTERIOR PSÍQUICO
E
OLHANDO O SEU EU
VEJO ALÉM DAS EMBALAGENS QUÍMICA DOS ÓRGÃOS EM MOVIMENTO.
VEJO UMA HORRÍVEL FIGURA DO MAL
DE GRITANTES CORES ASSENTIMENTAIS
BURACOS MORAIS ABISMAIS
DESVIO DE PERSONALIDADE, O VERDADEIRO EU DO DUPLO NÓS.
TÃO LINDO TEU SORRISO, TÃO ESPETACULAR E RADIANTE TUA FACE.
É CLARO QUE ALGO INDICA O TERMÔMETRO DE SUA MALDADE.
SEU ICEBERG SÃO SEUS OLHOS.
E
CAMINHANDO PELO HUMANIDADE, LINDA E VIVAZ, VAIS.
DEIXANDO A SUA PASSAGEM UM RASTRO TÃO HORRÍVEL
QUE ATÉ TUA SOMBRA NÃO OUSA TOCAR.
Torquato
Enviado por Torquato em 18/09/2019
Código do texto: T6747742
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Torquato
Maceió - Alagoas - Brasil, 69 anos
956 textos (30772 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/07/20 11:14)
Torquato