Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS MINHAS DÚVIDAS E OS MEUS MEDOS

São tantas as minhas dúvidas
Como os medos que sustento
Desta minha vida que me sobra,
Sem mais margem de manobra.

Por ser tudo tão mau e difícil.
Aumentam as minhas dúvidas
E os meus medos, sem razão,
Ou não, eu temo pelo coração.

São tantas as dúvidas e medos,
Que não sei como eu suporto
Tamanho fardo que me pesa,
Que a duvidar tanto me leva.

Não sei como poderei dissipar
Estas dúvidas e estes medos,
Como estrelas que se apagam
E danos que não se reparam.

Dúvidas e medos sem rosto,
Que não conheço, abstratos,
Só aparecem e desaparecem
Sem deixar qualquer rasto.

Por muitos anos que inda viva,
Nunca perderei estas dúvidas
E estes medos, sem eu saber
Por quanto tempo irei sofrer.

Ruy Serrano - 15.09.2019

Ruy Serrano
Enviado por Ruy Serrano em 14/09/2019
Reeditado em 14/09/2019
Código do texto: T6745146
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ruy Serrano
Portugal, 84 anos
2066 textos (18825 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 14:56)
Ruy Serrano