Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outra vez

Um soco de som oco em meu peito,
Havia pouco chão para pisar,
E um desejo de embriaguez.
Outra vez... Outra vez!

Um soco de som oco em meu peito,
Difiro o que é, do que sinto,
Mantenho aqui certa sensatez,
Outra vez... Outra vez!

Um soco de som oco em meu peito,
Gostaria de lhe dizer,
Morreste-me quando não me satisfez,
Outra vez... Outra vez!

Um soco de som oco em meu peito,
Persistência num erro que afez,
Esforço-me por manter tal lucidez,
Outra vez... Outra vez!
Carolina Svinna
Enviado por Carolina Svinna em 02/07/2019
Código do texto: T6686886
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Carolina Svinna
Jandira - São Paulo - Brasil, 24 anos
26 textos (475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/07/20 04:30)
Carolina Svinna