Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar-te Só Em Versos... *

Busco-te olvidar, oh amado
Que tormento! Adormeci dentro do meu próprio ser.
Maldito exílio! Prendeu-me ao passado,
Pálida de horror, vivo, morta em desventuras por sofrer!

Sigo a caminhar por um paralelo universo
Calo-me os lábios... Visto-me de amargura.
Vivo em agonia, por amar-te só em versos
Apenas em poesia, desfruto da tua ternura.

Quero libertar-me desta perpétua escravidão
De duas, tenho apenas uma opção:
Ou que me ames e rasgue toda a minha solidão
Ou que quebre as correntes e liberte meu coração.

Sâmya Costa
Enviado por Sâmya Costa em 08/08/2014
Reeditado em 09/10/2015
Código do texto: T4914681
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Sâmya Costa
Campina Grande - Paraíba - Brasil
202 textos (10038 leituras)
2 áudios (326 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 08:37)
Sâmya Costa