Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"ADEUS"

Droga! É apenas uma caneta...
Sem valor.
Nem mesmo sei por que a guardo,
De verdade.
Ficou jogada aí perto do espelho,
Do toucador.
Desde quando ela escreveu o bilhete,
Da maldade.
Quando friamente marcou com fogo.
A palavra dor.
No momento que eu mais acreditei,
Na felicidade.
Que o meu mundo era um belo jardim,
Cheio de flor.
Que usando esta caneta tão friamente,
Com falsidade.
Escreveu as palavras que punham fim,
Ao nosso amor.
Adeus.
Trovador das Alterosas
Enviado por Trovador das Alterosas em 30/07/2019
Código do texto: T6708181
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Trovador das Alterosas
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
2555 textos (109708 leituras)
23 áudios (2523 audições)
2 e-livros (546 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/19 06:52)
Trovador das Alterosas