Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pode ir.....

Você me ofereceu seu amor,
como eu estava sem abrigo,
nem percebi o perigo,
deste amor bandido,
por você me oferecido.
Então o  amor forasteiro,
veio como um posseiro,
me usou de corpo inteiro.
agora, já bem saciado,
está indo embora. Danado.
Mas lhe digo, ledo engano,
fiz para você um plano,
fi-lo engolir meu veneno,
doce, licor do amor,
me tatuei no seu corpo,
sua alma eu profanei,
seus desejos eu livre copiei,
assim amarrei você,
no meu umbigo.....
Mesmo que pense que ,
não me queira,besteira,
há de pensar e me desejar,
pela sua vida inteira.
Não vou chorar pode ir,
desculpe vou sorrir............




April
Enviado por April em 23/06/2017
Código do texto: T6035185
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
April
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 70 anos
2641 textos (34099 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 10:29)
April