Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia Primavera

Reflorescer na serenidade
Deleitar aos prazeres da sensibilidade
Honrando os sentidos do sistema sensorial
Apreciar, as formas que dão corpo e expressão ao abstrato...
Sinônimo da harmonia em cada composição da natureza
Em perfeita e consoante à beleza.
O aroma no ar, que perpétua desde a infância e renova no equinócio.
Enquanto o humano existir, ou até mesmo depois de partir. Entre o inverno e o verão, pontualmente ela retorna. Mesmo que eu me perdesse no tempo, e não tivesse conhecimento sobre o ano ou mês, sem calendário ou relógio em mãos, identificaria a voz da estação...
Que mesmo em silêncio, se ouve declamar pelo vento a poesia da primavera... Que denota a paixão.
Sâmya Costa
Enviado por Sâmya Costa em 05/10/2019
Reeditado em 05/10/2019
Código do texto: T6762024
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sâmya Costa
Campina Grande - Paraíba - Brasil
200 textos (9829 leituras)
2 áudios (325 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 10:57)
Sâmya Costa