Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BATER PUNHETA: O SEGREDO ANCESTRAL DA SAÚDE E VITALIDADE MASCULINA

Carta aberta aos machões do fórum LegadoRealista:

Recentemente, li aqui no fórum um post absurdo sobre os supostos benefícios da retenção de esperma. O texto dizia que para produzir porra, o corpo consome uma enorme quantidade de energia. Portanto, o homem que quer permanecer saudável, deveria moderar na ejaculação, sob o risco de adoecer gravemente ou ter a vida abreviada. Por outro lado, o homem que se abstém de esporrar, colheria diversos benefícios, como: mais energia, mais confiança, mais felicidade, aumento da massa muscular, olhos mais brilhantes, cabelo mais grosso, pênis mais grosso e mais longo, imunidade melhorada, maior resistência, entre outros. Logicamente que o texto não cita nenhum estudo ou pesquisa científica que confirme tais afirmações extraordinárias.

O que eu considero mais preocupante, é a postura de muitos colegas daqui do fórum. Percebo que muitos caras aqui têm um verdadeiro pavor de mulher. Relutam em estabelecer qualquer tipo de relação com o sexo oposto por puro medo de se apegarem, serem chifrados, rejeitados e trocados. O medo de mulher se transforma em nojo e o nojo se torna repulsa de buceta. Esses amedrontados deturparam totalmente os conselhos do grande Nessahan Alita.

Nessahan Alita nos ensinou a não ser capachos de mulher. Mas ele jamais disse que para ser homem, se deve ter ojeriza de buceta. Idolatrar a retenção de esperma é apenas uma faceta pseudocientífica desse pânico de mulher.

O conhecimento antigo e a própria bíblia nos ensinam que o segredo da saúde de ferro e da longevidade está justamente no derramamento constante de porra. Os antigos patriarcas, do velho testamento, tinham vários filhos e viviam centenas de anos. O grande rei Salomão teve setecentas esposas e trezentas concubinas. Claro que nos dias atuais não é possível ter tantas mulheres. Uma só esposa já está bem difícil, visto que a heterossexualidade está sob cerrado ataque... Portanto, como o sexo já não é tão farto como outrora, o jeito é recorrer a velha punheta para obter os benefícios da saúde e vitalidade que o derramamento constante de porra proporciona. Claro que isso não é o ideal, mas funciona muito bem.

Eu bato punheta umas três ou quatro vezes ao dia. Tenho uma disposição de atleta, um cérebro afiado e músculos de aço. Acordo todos os dias as 6h., faço musculação, calistenia, vou trabalhar e em seguida, faculdade. E ainda para completar, no sábado de manhã faço um curso de escultura, depois passo o restante do final de semana pedalando. Eu gosto de pedalar em serras. Não arrego para nenhuma subida longa ou inclinada. Em resumo, tenho energia pra caralho, mesmo ejaculando várias vezes ao dia. Estou crente que toda essa vivacidade se deve ao excesso de punheta. Se essa história de retenção de esperma fosse verdadeira, eu certamente me tornaria um deus super sayajin se interrompesse de vez a tão prazerosa prática de bater um punheta.

Meus caros, para finalizar... Saibam que estamos numa guerra. Nossa cruzada é pela heterossexualidade e pela defesa da religião católica. O casamento está em risco por que não existe mais macho heterossexual fodedor. Sem heterossexualidade, não há casamento. Por isso, precisamos fazer um trabalho de base. Como machos, temos a obrigação de comer quem quer que seja. Mulher, traveco, viado, puta, novinha, coroa, tanto faz. Nossa missão é foder, restaurar a masculinidade para, enfim, restaurar o sagrado casamento e a ordem do universo. Fazer sexo fora do casamento é um mal, mas a viadagem é um mal muito maior. Devemos SEMPRE optar pelo mal menor se, e somente se, o resultado final for um bem, como sabiamente nos ensinou São Thomas de Aquino. Por isso eu imploro a todos vocês: fodam!

 
Velho Ranzinza
Enviado por Velho Ranzinza em 01/10/2019
Reeditado em 01/09/2020
Código do texto: T6758672
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Velho Ranzinza
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
33 textos (564 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 01:06)
Velho Ranzinza