Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dois presidentes e o mesmo preconceito

Dois presidentes e o mesmo preconceito


O que uma ideologia não é capaz de fazer? Até unir grande opositores. A ideologia além de cegar e restringir a capacidade de reflexão, quer inculcar em seus adeptos a veracidade absoluta do que diz e faz. Cria-se estereótipos e se passa a acreditar neles, muitas vezes sem ir às fontes, divulgam e semeiam verdades que são frutos de experiências particulares ou de casos isolados como realidades absolutas. Cria-se mitos e passa-se a viver em sua função: assim se diz que na Europa reina o relativismo, que não existe mais religião, que desmataram tudo…, assim como se repetem jargões que os índios são bondosos, os negros são vítimas e os brancos são carrascos. Será tudo isso verdade? Acreditar em tudo ou duvidar de tudo é fácil, o difícil e realista é buscar a ponderação, sem querer imputar aos outros as culpas dos próprios erros. E vem a pergunta: um erro justifica outro? Pelo fato da Europa ter desmatado, o Brasil precisa se depenar? Eles tem coragem e força para recomeçarem, reconstruírem, refazerem, como se percebe depois de guerras mundiais, guerras frias, destruição econômica… e nós latinos vamos continuar esperando os subsídios deles que tanto criticamos e acusamos como responsáveis das nossas desavenças? O preconceito além de fechar o horizonte e perceber outras perspectivas, também faz dos seus usuários reféns de uma imagem pronta e definida. Quem é a Europa para nos dar lição sobre meio-ambiente? Essa frase famosa entre presidentes opositores, porta-nos a uma reflexão profunda sobre a seriedade de nossos governos. Assumiram o poder para fazer valer seus caprichos e interesses? A Nação ocupa realmente que lugar no plano de governo e na mentalidade dessas pessoas? Qualquer semelhança será mera coincidência ou ideologias, mesmo diversificadas, acabam por criar ditaduras, ainda que disfarçadas de melhorias? Existe algo a ser investigado e esclarecido, por que esse descaso em relação ao meio-ambiente e em específico às florestas? Repete-se os mesmos erros do século XVI em plena época digital e globalizada do século XXI e ainda se pensa que isso seja soberania nacional? Oh Pátria Amada‼!
Pejotaribeiro
Enviado por Pejotaribeiro em 20/08/2019
Código do texto: T6724662
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pejotaribeiro
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 47 anos
236 textos (12053 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 13:27)
Pejotaribeiro