Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Somos poetas,pelo fracasso de escrever!

Algumas horas pela tarde me sinto em um momento nostálgico, lembro das pétalas de rosas que passou durante toda a estrada da minha vida.
São recordações profundas que outrora trás consigo um peso solitário recheado de vontade de voltar no tempo e ter aproveitado melhor dias passados. Bem, não é que eu queria ter uma máquina do tempo, só tenho vontade de ter feito as coisas de uma outra maneira e saber qual seria o sabor.
Fazemos tantas coisas e no calor não percebemos a sensibilidade do que se mostra entre nossos olhos. Somos tão pobre de sentimentos que nos tornamos poetas para descrever nossos fracassos, sonhos, ilusão, experiência e desejo de algo.
Somos ciganos carregando o amargo dom de escrever o que sentimos. Nossos valores são baseados em nossa ideologia e religião, não separamos a humanidade do "mundismo", somos ambiciosos pelo materialismo de possuir.
Quem disse que aprendemos a viver?
Quem disse que os nossos beijos são verdadeiros?
Quem sabe separar a fé em Jesus da fé religiosa?

Loucura isso tudo, uau, quem diria que estaria agora a tarde escutando uma canção dos anos 90 com um copo de bebida ao lado jogado no sofá falando de coisas que para muitos é bobagem, porém, porém, porém, para mim.... Faz tão sentido desabafar isso agora.

O que eu queria agora, era encontrar os braços do meu amor, aquela mesma sensação que quando descobrimos que estamos apaixonado, arde o corpo, esquenta o coração e o corpo fica balançado como se soubéssemos que faríamos de tudo por quem nos conquistou.

Esse gosto do amor, tem um sabor agridoce, nos leva a um êxtase embriagado de paz e adrenalina.

Enfim, aqui finalizo meus pensamentos sóbrios borrado de fragmentos de dor e desejo.
Davi Alves
Enviado por Davi Alves em 13/02/2018
Reeditado em 13/02/2018
Código do texto: T6252933
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Davi Alves
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
270 textos (11366 leituras)
2 áudios (75 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/18 16:48)
Davi Alves