Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas estranhas da vida

   Coisas estranhas da vida

As coisas simples desta nossa vida,
Há muitas coisas que dão que pensar,
Como é que os aviões se sustêm no ar?
Há pessoas que levam tudo de vencida.

Por que razão o homem é um predador?
Caça matando unicamente pelo prazer.
Com tanto que há no mundo para fazer,
Melhor seria se pregasse o seu amor.

Com tanto saber que existe no mundo,
Que está bem cheio de filosofia barata.
Onde habita gente ignorante e chata,
E coisas deitando cheiro nauseabundo.

Façam o favor de dizer de sua justiça,
Que existe por aí tanta incompreensão.
E muitos honrados que parecem ladrão,
E agora também à roupa feita de cortiça.

Gente honrada de colarinho branco,
Que afinal não passam de ladrões.
Mas na sociedade passam por barões,
Que com calma até roubam o banco.

E senhoras que andam aperaltadas,
Parecendo senhoras de alta- roda.
Não passam de caloteiras da moda,
Pode vir um dia que serão apanhadas.

J. Rodrigues (Galeano) 23/12/2014
 








Galeano
Enviado por Galeano em 23/12/2014
Código do texto: T5079279
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 83 anos
659 textos (111568 leituras)
14 áudios (2011 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 23:26)
Galeano