Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escrevendo com a ponta dos dedos.....

Eu morreia de pela boca se eu falasse
como seria bom não ser um traste
largado, e com todos ao meu redor
eu ainda me sinto tão só
quando foi que eu errei
em todas as vezes que me silencio
estou errando, e pensando em falar com a verdade
porque o mundo muda, e as causas são as mesmas, é apenas o ato de existir que me mata
eu gostaria de ser ignorante minha idéia poderia estar além de cada palavra composta, mais mesmo assim eu nunca teria o dom de ter a felicidade sendo que apenas estou sozinho.
Á alma é barata
Enviado por Á alma é barata em 13/09/2011
Código do texto: T3217871

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Á alma é barata
Suzano - São Paulo - Brasil, 33 anos
162 textos (4857 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 09:48)
Á alma é barata