Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canto do Padre Zezinho, interpretação Pe. Léo: Oração: Só em Deus, a minha alma encontra paz e alegria.

PARABÉNS PELOS 50 ANOS DE MÚSICA E CANTO NA IGREJA.
Merecidas homenagens pela CNBB e RS 21 como padre cantor e dedicado à comunicação católica desde as reformas do VATICANO II.

Viva o Padre Zezinho, jeito carinhoso no radical diminutivo em língua portuguesa, para designar uma intimidade cristã na autoridade do homem de Deus que fez e faz o Brasil cantar.

EU VIM DE LÁ DO INTERIOR: http://letras.mus.br/padre-zezinho/801288/

De Lá do Interior
Padre Zezinho
Eu vim de lá
Do interior
Aonde a religião
Ainda é importante

Lá se alguém passa
Em frente da matriz
Se benze e pensa em Deus
E não sente vergonha de ter fé

Eu vim de lá do interior
E sei que a religião
Já não influi mais tanto
Nas pessoas

Sei que a televisão
O rádio e o jornal
Convencem mais cabeças
Do que o padre lá no altar

Mas deixa eu lhe dizer
Que eu ainda creio e quero crer
Que sem religião não sei viver
Não sei viver!
Não sei viver!

_____________

Veja o canto "Alô meu Deus", do Padre Zezinho, cantado peloPadre Léo, scj - e explicitado no Livro: "Buscai as Coisas do Alto" em https://www.youtube.com/watch?v=G0jCCzWShQI

LIVRO BUSCAI AS COISAS DO ALTO em http://loja.cancaonova.com/products/283-livro-buscai-as-coisas-do-alto

Padre Léo Scj

Encontrar uma meta e manter o passo firme em direção às coisas que estão no Alto é próprio daqueles que sabem superar os desafios e que não se deixam abater diante das dificuldades. Para aqueles que não querem parar nem desanimar diante dos problemas, eis o ensinamento de Pe. Léo: é preciso continuar!

Em Buscai as coisas do Alto, o autor nos mostra a importância de encontrar o sentido para a nossa existência e de prosseguir no caminho, mesmo em meio à dor. É no Alto que está a nossa meta e é por ela que devemos lutar. Para alcançar as coisas do alto, precisamos cultivar a paz. E essa paz também é no sentido interior.

_“É preciso ter uma meta, e a nossa meta é muito grande. Quem se acostuma com coisa pequena não pode ir para o céu. O céu é para quem sonha grande, pensa grande, ama grande e tem a coragem de viver pequeno. Isso é o céu.”_

_______________________

Só em Deus,
alcancei a fidelidade;
em sua graça a liberdade.
Sua bondade
jamais esquecerei e deixarei.
Cada dia mais
vivo e viverei
para testemunhar suas maravilhas e sinais.
E para sempre
seremos um:
Deus em que mergulho;
Meu viver é todo ele e para sempre!

Amém.
_____________________


Alô, Meu Deus

Padre Zezinho



Alô meu Deus,
 fazia tanto tempo
 que eu não mais te procurava.
 Alô meu Deus,
 senti saudades tuas
 e acabei voltando aqui.
 Andei por mil caminhos
 e, como as andorinhas,
 eu vim fazer meu ninho
 em tua casa e repousar.
 Embora eu me afastasse
 e andasse desligado,
 meu coração cansado,
 resolveu voltar.

Eu não me acostumei,
 nas terras onde andei.
 Eu não me acostumei,
 nas terras onde andei..

Alô meu Deus,
 fazia tanto tempo
 que eu não mais te procurava.
 Alô meu Deus,
 senti saudades tuas
 e acabei voltando aqui.
 Gastei a minha herança,
 comprando só matéria,
 restou-me a esperança
 de outra vez te encontrar.
 Voltei arrependido,
 meu coração ferido
 e volto convencido
 que este é o meu lugar.







J B Pereira e http://letras.mus.br/padre-zezinho/796643/ e https://www.youtube.com/watch?v=5OV6cXpx-UQ
Enviado por J B Pereira em 12/05/2014
Reeditado em 27/07/2014
Código do texto: T4803464
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2550 textos (1500292 leituras)
30 e-livros (332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 13:33)
J B Pereira