Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma das mais lindas orações: a Salve Rainha. Evidencia o paradoxo entre o mundo, vale de lágrimas, e o olhar terno da Mãe de Jesus, que nos conduz à superação e a elevação da alma à Deus, fonte da misericórdia e do perdão...

é uma das orações, além da Ave-Maria, que me tocou desde criança. Sempre a cantei em português e em latim. Acredito que é na unção da mãe de Deus (=Teotokos), que temos uma via de mão dupla de amor da Deus à luz do exemplo puro e eterno da Virgem, que nos ajuda em nossa  estrada no mundo e nos olha de modo especial, porque nos ama e nos quer junto de Cristo, seu filho.
Testemunho de J B Pereira em 11/08/2012.
_________________________
Salve Rainha em latim, cantada no You tube:
http://www.youtube.com/watch?v=DUPPqBxrAms;
outra com voz feminina em http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&NR=1&v=gitcCbhJpZU

 Em português
Salve Rainha
Salve, Rainha, mãe de misericórdia,
vida, doçura, esperança nossa, salve!
A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos, gemendo e chorando
neste vale de lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa,
esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei,
e depois deste desterro mostrai-nos Jesus,
bendito fruto do vosso ventre,
Ó clemente, ó piedosa,
ó doce sempre Virgem Maria
V.: Rogai por nós santa Mãe de Deus
R.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
[editar]Em latim
Salve, Regina, Mater misericordiae,
vita, dulcedo, et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, exsules filii Hevae,
ad te suspiramus, gementes et flentes
in hac lacrimarum valle.
Eia, ergo, advocata nostra, illos tuos
misericordes oculos ad nos converte;
et Jesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exilium ostende.
O clemens, O pia, O dulcis Virgo Maria.
Em alguns ainda é adicionado:
V.: Ora pro nobis sancta Dei Genetrix.
R.: Ut digni efficiamur promissionibus Christi.
[editar]Origem

A "Salve Rainha" é uma das orações mais populares entre os católicos. Quem compôs esta prece estava vivamente marcado por misérias, na oração os fiéis "bradam" como "degredados", "suspiramos gemendo e chorando", vemos o mundo como "um vale de lágrimas", como um "desterro". Entretanto, essa visão da vida acaba dissolvendo-se num sentimento de esperança no final da oração graças à Maria.
Com efeito, se ao considerar a condição humana, o autor da prece só vê motivos de tristeza, ao fixar sua atenção em Maria, mostra-se animado por um horizonte de expectativas reconfortantes e consoladoras, pois ela, é a "Mãe de misericórdia", "Vida, doçura, esperança", "Advogada" de "olhos misericordiosos".
A autoria da oração é atribuída ao monge Hermano Contracto que a teria escrito por volta de 1050, no mosteiro de Reichenan, na Alemanha. Naquela época a Europa central passava por calamidades naturais, epidemias, miséria, fome e a ameaça contínua dos povos nómadas do Leste que invadissem os povoados, saqueando-os e matando.
Frei Contracto nascera raquítico e disforme, na idade adulta, andava e escrevia com dificuldade. Foi nesta situação que Frei Contracto cria esta prece, mesclando sofrimento e esperança, que é a "Salve Rainha".
Segunda da crença, quando nasceu Frei Contracto e constatarem o raquitismo e má formação do bebê, sua mãe Miltreed, consagrou-o no leito à Maria, sendo educado na devoção a ela. E, anos mais tarde, foi levado de liteira, por ser deficiente físico, até o mosteiro de Reichenan, onde com o tempo chegou a ser mestre dos noviços.
Quando veio a ser conhecida pelos fiéis, a "Salve Rainha" teve um sucesso enorme, e logo era rezada e cantada em muitos locais. Um século mais tarde, ela foi cantada também na catedral de Espira, por ocasião de um encontro de personalidades importantes, entre elas, a do imperador Conrado III e São Bernardo, conhecido como o "cantor da Virgem Maria", ele que foi um dos primeiros a chamá-la de "Nossa Senhora". Dizem que foi nesse dia e lugar que, ao concluir o canto da "Salve Rainha", cujas últimas palavras eram "mostrai-nos Jesus, o bendito fruto do vosso ventre", no silêncio que se seguiu, São Bernardo que gritou sozinho no meio da catedral: "Ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria"... E a partir dessa data estas palavras foram incorporadas à "Salve Rainha" original.
Atualmente uma multidão incontável de fiéis tem se identificado como os sentimentos que ela expressa, vivendo desde sua aflição à esperança e fé em Maria.
Ver em http://pt.wikipedia.org/wiki/Salve_Rainha
_________________
Oração do Cristianismo
Dogmas e doutrinas marianas da Igreja Católica - virgindade, anúncio do anjo, sua maternidade divina, assunção, preservada da mancha original pelo mérito da paixão de Cristo, a primeira redimida pelo sangue do cordeiro, a virgem do silêncio e da oração, virgem do sim, virgem contemplativa e ativa, co-redentora da humanidade, presença discreta nos textos bíblicos (Lucas, evangelhos, cartas paulinas, Apocalípse).

Outros textos ilustrativos em inglês: http://www.newadvent.org/cathen/13409a.htm
http://www.preces-latinae.org/thesaurus/BVM/SalveRegina.html
   
Vários em http://www.youtube.com/watch?v=DUPPqBxrAms e http://pt.wikipedia.org/wiki/Salve_Rainha
Enviado por J B Pereira em 11/08/2012
Código do texto: T3825425
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2539 textos (1498234 leituras)
30 e-livros (324 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 17:23)
J B Pereira