Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEONEL III - EU SOU LEONEL MARQUES! - CAPÍTULO 12

                        CAPÍTULO XII – EU SOU LEONEL MARQUES!
 
                                 Leonel pegou numa peça do tabuleiro e ficou com ela na mão, pensativo.
- Você vai esquecer o caso, então? Ou melhor, deixar que as pessoas que podem punir esses caras esqueçam?
- Não sei... Não sei se ganharia alguma coisa só pelo fato de vê-los na cadeia. Isso não vai fazer eu me sentir menos... mal. Eu estou mais preocupado com você. O que te fez se aproximar de caras como o Gil e esses amigos dele, Floyd?
   Floyd respirou fundo.
- Nunca me mostraram que tinha nada melhor que ver ou fazer na vida. Apesar de viver na lama, o Gil me tirou de uma bem pior.
- Você nunca me disse que esteve em uma pior.
- Não... porque o motivo era você, ele falou com um sorriso.
  Leonel calou-se, sério. Floyd arrependeu-se do que tinha dito.
- Ah, esquece, vai!
- Como “esquece”? Você está dizendo que se meteu nessa sujeirada toda por minha causa?
- Eu não estou te culpando de nada, Leo. Na verdade eu não tive muita escolha. Quando eu te conheci naquele show... parecia que a coisa já estava feita há muito tempo. Tudo já estava previsto.
- O quê?
- Tudo que está acontecendo com você agora e comigo.
- Ah, lá vem você falando como a Cris. Eu fui procurar por você naquele maldito dia porque ela e meu pai haviam discutido sobre um assunto que me deixou totalmente confuso. A minha tia me veio com a estória de que o... espírito do meu avô está encarnado em mim... e toda essa bobagem.
- Não é bobagem, Leo.
- Para de me chamar de Leo! – ele gritou, nervoso, erguendo-se. – A influência que esse cara tem na vida da minha tia está acabando comigo. Ela me colocou coisas na cabeça e isso me colocou nessa fria! Agora você vem me dizer que compactua com essa ideia dela? Pensei que, apesar de tudo, você tivesse a cabeça no lugar! Eu não ligo com quem você dorme, Floyd, até perdôo o fato de ter sido atacado por amiguinhos do seu... parceiro de cama, mas não me fale mais sobre essa bobagem de reencarnação!
- Você está me ofendendo, Leonel, disse Floyd, erguendo-se também.
- E você está me enchendo o saco! Eu te chamei aqui pra te falar da minha preocupação com essa sua proximidade com o Gil! Não quero ouvir você me dizendo que eu sou Leo Torres. Eu não quero ser Leo Torres! Eu quero ser eu mesmo, Leonel Marques! Filho de Bruno e Laís Marques! A tia Cris viveu a vida inteira, desde os dezesseis anos, fissurada por um fantasma e quer acreditar e me fazer acreditar que ele esteja em mim! Eu já estou cheio disso!
- Você não é obrigado a acreditar nisso.
- E não acredito! Acreditar que sou Leo Torres... ou fui, sei lá, e que... mais absurdo que isso, que meu irmão foi meu bisavô e que me odeia porque me odiava antes é a coisa mais absurda do mundo!
- E a que você atribui esse ódio que ele tem por você?
- Ele não me odeia! Eu já passei por uma fase parecida, quando tinha a idade dele. Ele tem dezesseis anos. Foi muito mimado pela mamãe e pensa que eu a roubei dele. Ela morreu e ele ficou ainda mais perdido porque sente falta dela. Como eu sempre fui muito mais ligado ao meu pai, ele se sentiu rejeitado, jogado de lado, o que absolutamente não é verdade. Meu pai ama a nós dois de maneira igual. Nunca fez diferença entre a gente. Essa fase do Leandro vai passar. Quando ele entender que eu não quero tirar nada dele, ainda mais o carinho do papai, ele vai me tratar melhor e a gente ainda vai ser muito amigo. Não quero passar a minha vida inteira brigando com ele. Se isso tiver que acontecer... eu saio de casa.

                  LEONEL (REENCARNAÇÃO) III – CAPÍTULO 12
                               “EU SOU LEONEL MARQUES”
            O AMOR DE DEUS É IMENSO! USUFRUA DELE COM AMOR,
                                    AMANDO SEU IRMÃO.
                            OBRIGADA, SENHOR, POR TUDO!
                  PELA PIEDADE, PELO AMOR E PELAS BÊNÇÃOS!
                                   BOA TARDE E OBRIGADA!

Velucy
Enviado por Velucy em 31/07/2020
Código do texto: T7022122
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Velucy
São Paulo - São Paulo - Brasil
1763 textos (11947 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 14:53)