Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEBRANDO BARREIRAS - RESSURREIÇÃO - PARTE 22

                                         I - RESSURREIÇÃO

                       Someone is in trouble, somewhere at night…
          (Alguém está com problemas em algum lugar esta noite...)
                      And the wind gets away every yesterday news
              (E o vento levou para longe todas as notícias de ontem)

                                  “Better off dead” – do álbum gravado em 1975
         
                                                                       
                              Toni sentiu que algo de novo estava para acontecer, mas manteve a brincadeira.
- Não acha que é um pouco apertada?
  Ele foi novamente até o estéreo, encontrou a estação FM que procurava e voltou-se para ela.
- Quer fazer o favor de abrir este maldito papel e ver o que tem dentro, Toni Russo?
  Toni encolheu os ombros, com a bronca, e desdobrou a folha. Leu todo conteúdo e olhou novamente para ele.
- Por um milhão de dólares, não parece ser muito apertada. Uau!
  Bernie a puxou pela mão e a fez levantar-se, beijando-a longamente.
- Cabe nós dois...
- Eu ainda não respondi se quero morar com você... ela disse baixinho.
- Pensa, eu vou tomar um banho, depois a gente conversa...
  Ele foi para o quarto. Quando voltou, uma hora depois, vestido numa camiseta regata e jeans, sentou-se de novo perto dela ainda no chão e perguntou:
- E aí? Pensou?
- Pensei... disse ela, passando a mão pelo cabelo dele, ainda molhado.
- E...?
- Se eu disser que não, o que você faz?
- Vendo a casa! - ele respondeu, dando de ombros e sorrindo, cínico.
- Ah, é? Só isso?
- Estou brincando, ele disse, beijando-a. - Eu espero até você mudar de ideia... mas... não acredito que você vá dizer não.
- E a que atribuo toda essa confiança?
- Você não teria me aturado esse tempo todo, com a sombra da minha ex-namorada inglesa pairando sobre as nossas cabeças, se não sentisse alguma coisa muito forte por mim. Quando eu te conheci, eu não queria assumir compromisso com mulher nenhuma... Era um pesadelo pra mim só pensar que eu pudesse arcar com a barra de uma argola na mão esquerda de novo, como fiz por quase cinco anos.
- E o pesadelo não existe mais? Você quer casar comigo?
   Ele respirou fundo.
- Não de todo... Quero namorar muito com você. Não quero mais ficar sozinho... Quero ficar junto de você o tempo que eu puder e que você quiser.
- Mas você disse agora a pouco que não quer laços com nada e nem com ninguém.
- Com nada que me cobre perfeição e com ninguém que me lembre cada minuto passado. Acho que você já me conhece o suficiente pra saber como anda a minha cabeça. Eu quero ser feliz e me divertir, mas não com as pessoas, como antes, e não escolheria você, se quisesse. Não você, que fez tanto por mim.
- Eu só quero ver Bernie Taupin bem.
- Eu também quero.
  Toni sorriu e o beijou.
- Minha resposta...?
- Ainda precisa? Eu tinha até medo de ter que fazer essa proposta eu mesma!
   Bernie riu.
- E por que não fez?
- Justamente por respeitar o seu tempo. Eu sabia o que você tinha passado. Que ainda estava machucado por causa da última separação e essas coisas levam tempo pra cicatrizar... Você se casou muito jovem e não quero que você tome uma decisão precipitada da qual vá se arrepender no futuro, como antes.
   Ele deslizou os dedos pelo rosto dela.
- Não costumo apostar no futuro, Toni, mas tenho certeza do que estou fazendo com meu presente. Eu preciso de você. Não pra sempre, mas todo dia, a todo o momento... Confia em mim?
- Eu confio... ela respondeu, sorrindo.
- Então você quer morar naquele pedaço de papel de um milhão de dólares comigo?
- Bem dobradinho... ela disse, beijando-o, apaixonada.

                                  A single man – Lado A
                                                        Shine on Trough
                                                        Return to Paradise
                                                        I don’t care
                                                        Big Dipper
                                                        It ain’t gonna be easy

                                                Lado B
                                               Part time love
                                               Georgia
                                               Shooting Star
                                               Madness
                                               Reverie
                                               Song for Guy*

* Tributo a Guy Burchett – morto em 1978 aos 17 anos.

    eltonjohneltonjohneltonjohneltonjohneltonjohneltonjohneltonjohnelton

                                  RESSURREIÇÃO – PARTE 22
                       CONTINUA... CAPÍTULO NOVO AMANHÃ
                                     OBRIGADA E BOM DIA!
Velucy
Enviado por Velucy em 16/07/2019
Reeditado em 17/07/2019
Código do texto: T6697003
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Velucy
São Paulo - São Paulo - Brasil
1601 textos (10212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/19 21:07)