Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desventuras

Desventuras
São nove horas de uma manhã de domingo.
Assustado com a hora, pula da cama ainda sonolento. As embalagens da sua última refeição ainda espalhadas pelo chão ferem-lhe os pés. Mas não há tempo para reparos. O tempo voa! E é preciso chegar ao trabalho. Render o porteiro às 13 horas. E pelo andar da carruagem, vai ficar mais um dia sem almoço! Pois da periferia onde mora até o trabalho são quase três de relógio! E no domingo, a condução fica ainda mais demorado. Mas é preciso seguir adiante. Coisas da vida adulta.
Nil de Sousa
Enviado por Nil de Sousa em 03/11/2019
Código do texto: T6786086
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nil de Sousa
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 48 anos
79 textos (2382 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 17:57)
Nil de Sousa