Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pegasos

Meu cavalo alado.

Gosto de chegar cansado
do trabalho ou da vida
Tomar algo bem gelado
Um bom fruto da vinha

Sentar-me junto ao teclado
Ler uma ou duas poesias
Até surgir meu cavalo alado
A elevar-me em fantasia

Então sou um romântico
Um louco profeta desamparado
Ou posso ser até santo
Não há limites e não fico parado

O mundo torna-se pequeno
As cores são poucas até
Para colorir os pensamentos
A poesia depende da fé

Creio ser a arte de escrever
Ou seria o desejo de voar
De ser livre e poder crescer
Talvez a arte de esquecer

Esquecer os limites que temos
As coisas tristes e sujas do mundo
Esquecer do pouco que somos
Despertarmos o amor, lá no fundo

wbranco
Walter Branco
Enviado por Walter Branco em 17/09/2019
Código do texto: T6747090
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Walter Branco
Cotia - São Paulo - Brasil, 61 anos
337 textos (11618 leituras)
2 áudios (138 audições)
1 e-livros (35 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 23:07)
Walter Branco