Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EVITANDO A OBSESSÃO.

Não deixe de sonhar, mas enfrente as suas realidades no cotidiano.
Reduza as suas queixas ao mínimo, quando não possas eliminá-las de todo.
Fale tranquilizando a quem ouve.
Deixe que os outros vivam a existência deles, tanto quanto você deseja viver a existência que Deus lhe deu.
Não descreias do poder do trabalho.
Nunca admita que o bem possa ser praticado sem dificuldade.
Cultive a perseverança, na direção do melhor, jamais a teimosia em pontos de vista.
Aceita suas desilusões com realismo, extraindo delas o valor da experiência, sem perder tempo com lamentações improdutivas.
Convença-se de que você somente solucionará os seus problemas se não fugir deles.
Recorde que decepções, embaraços, desenganos e provações são marcos no caminho de todos e que, por isso mesmo, para evitar o próprio enfaixamento na obsessão o que importa não é o sofrimento que nos visite e sim a nossa reação
diante dele.

Francisco Cândido  Xavier  - Ditado por André Luiz.
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 05/11/2015
Reeditado em 05/11/2015
Código do texto: T5438536
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
3445 textos (549329 leituras)
84 áudios (28701 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 00:03)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor