Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdão: O Novo Sinônimo da Paz


Autor: Antoni BigCuore*

Data:  02.01.2006,2ª.feira, às 8,05hrs.(alt.23.12.2014)
-------------------------------------------------------------------------------

       
Ano Novo, perdão novo? Sim, é isto que Deus quer de nós!. Ele espera a conversão de nossos corações e isto, implica, necessariamente, numa boa dose em nossa capacidade de perdoar. Sentimos, pelo trabalho de aconselhamento e evangelização que fizemos em grupos de oração da R.C.C., que  um dos maiores problemas das pessoas, consiste na  incapacidade para perdoar. Diz o Poeta Edgard Alan Poe: “Errar é humano; perdoar é Divino”.

Irmãos e irmãs, vamos nos espelhar no “Príncipe da Paz”, que é o Menino Jesus. “O Papa Emérito Bento XVI, recordando o antecessor e amigo da juventude, disse: “Caros jovens, a felicidade que vocês buscam, a felicidade que vocês têm direito de saborear tem um nome, um rosto: Jesus Cristo, escondido na Eucaristia. Somente Ele dá a plenitude à humanidade!”. (cf.liturgia diária janeiro /06, pg.16)

Vivemos numa era que poderíamos chamar de “idolatria do consumismo”. A sociedade dos homens, na ânsia desenfreada pelo lucro, através dos meios de comunicação de massa,  incute nas pessoas, a idéia de que o valor de uma pessoa está na sua capacidade de consumir objetos ou coisas materiais.( eu consumo, logo eu existo.Essa é a lógica da economia capitalista!)

            Alguém objetaria: mas o ser humano precisa sobreviver! Claro que precisa, diríamos. Só que sejamos sábios e sensatos em evitar os extremos. O que Deus pede de nós é que sejamos justos. Os mais fortes não pisem nos mais fracos. Usem da misericórdia com os mais fracos; partilhem o pão nosso de cada dia, para aqueles que não têm nada. Deus nos deixou os bens para sermos felizes; e a felicidade consiste na PARTILHA destes bens, mormente com os mais fracos.

Voltando ao perdão. Diz o Livro do Eclesiástico, capítulo 28: “Quem se vinga sofrerá a vingança do Senhor, que severamente lhe pedirá contas de seus pecados. Perdoe a injustiça que o seu próximo cometeu e, quando você pedir, Deus também perdoará os pecados que você tiver cometido. Se um homem guarda rancor contra outro, como poderá pedir que Deus o cure? Se não usa da misericórdia para com o seu semelhante, como se atreve a pedir perdão de seus próprios pecados? Se ele, que é carne, guarda rancor, quem perdoará os seus pecados?”

O texto é claro irmãos e irmãs. Ninguém é santo! Santo somente Deus! Muita gente não perdoa porque tem a falsa idéia de que perdoar é PERDER alguma coisa. Pelo contrário, perdoar é GANHAR SEMPRE!, inclusive na saúde. Se a nossa capacidade de perdoar, anda meio fraca, então vamos ingerir a vitamina da eucaristia, da oração!

Diante do Sacrário abramos nosso coração e pedimos a graça a Deus, de nos aumentar a capacidade de perdoar. Perdoar, sem dúvida alguma, é uma forma de nos humilhar perante Deus e os irmãos. Perdoar é sublime. É como o mel que corre dos favos. Só quem perdoa pode sentir a doçura que dele emana!.

Sendo assim, comecemos o ano novo com alma nova! Livre dos grilhões do ódio, das tristezas, das depressões, da falta de perdão. Agindo assim, com certeza, a UNÇÃO do Senhor irá recair sobre nossas cabeças e corações! Feliz Ano Novo a todos vocês!
-------------------------------------------------------------------------------
(*) autor é escritor e comunicador do Evangelho de Jesus Cristo para todo o planeta. Conheça seu BLOG BEM VIVER - http://antonibigcuore.blogspot.com (autoconhecimento, espiritualidade e vida saudável).
-------------------------------------------------------------------------------
ANTONI BIGCUORE
Enviado por ANTONI BIGCUORE em 23/12/2014
Código do texto: T5079008
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANTONI BIGCUORE
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
2479 textos (938765 leituras)
87 áudios (65836 audições)
1 e-livros (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/10/19 14:41)
ANTONI BIGCUORE