Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÁSCOA E RECONCILIAÇÃO 3

Antoni BigCuore*

SP. 27.03.2007, 3ª.feira, às 13,50hrs.(alt.19.4.2014)
--------------------------------------------------------------------
Pela Bíblia notamos que Deus vai se revelando à humanidade aos pouquinhos, passando pelos grandes profetas até a consumação pela morte de cruz de Jesus e sua gloriosa ressurreição.
O Mestre diz, “eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por Mim. Se me conhecêsseis, também certamente conheceríeis meu Pai; desde agora já o conheceis, por isto tendes visto.”(Jô, 14, 6 -7)
Jesus se encarnou pela obra do Espírito Santo para cumprir fielmente as determinações do Pai.

Páscoa, Reconciliação e a aparição em Salette, França, tem tudo a ver!. Quando a assembléia se dirige à mesa eucarística, é um ato de humildade, de filhos reconciliados com Deus. O pecado nos afasta de Deus.(diz o Mestre Jesus, “quem comete pecado é escravo do pecado”.). A eucaristia nos aproxima. Por meio dela, o Cristo se incorpora em nós.
À guisa de ilustração, os Sacramentos são sinais sensíveis da graça de Deus. O do batismo e eucaristia, nasceram depois que o soldado romano, finca a lança no peito de Jesus, onde jorraram água e sangue.

 O sacramento da penitência ou confissão, é um remédio que Deus nos deixou para nos reconciliarmos com Ele e à comunidade, pois que o pecado rompe a relação. Deus é sempre Fiel, nós somos fracos!.

O povo judeu comemorava a Páscoa sacrificando um cordeiro, dentro de seus rituais específicos.(vide livro do Exodus, 12) Nós cristãos católicos, comemos a nossa Páscoa pela santa eucaristia que nos é dado todos os dias na missa.

Recordemos no Novo Testamento, as palavras do Mestre Jesus: “Tendo desejado ardentemente comer convosco esta páscoa, antes de sofrer. Pois vos digo: não tornarei a comê-la, até que ela se cumpra no Reino de Deus. Pegando o cálice, deu graças e disse: “TOMAI ESTE CÁLICE E DISTRIBUI-O ENTRE VÓS. Pois vos digo: já não tornarei a beber do fruto da videira, até que venha o Reino de Deus. Tomou em seguida o pão e depois de ter dado graças, partiu-o e deu-lho, dizendo: “Isto é o meu corpo que é dado por vós: fazei isto em memória de Mim”. Do mesmo modo tomou também o cálice, depois de cear, dizendo: “Este cálice, é a Nova Aliança em meu sangue, que é derramado por vós...(Lc. 22, 15 – 20).

Note que Jesus não fala, isto foi ou isto será meu corpo. Ele diz: “Isto É o meu corpo”. O verbo ser designa estado e, nesse caso, ele pressupõe sempre o PRESENTE. No livro do Êxodus capítulo 3, versículos13, diz: “Moisés disse a Deus: “Quando eu for aos filhos de Israel e disser: “O Deus de vossos pais me enviou até vóis; e me perguntarem: “Qual o seu nome?”, que direi?”. Disse Deus a Moisés: “EU SOU AQUELE QUE É”.” ( Bíblia de Jerusalém, pg. 108/109).

No Evangelho de João, capitulo 13, versículos 19, diz: “Digo-vos isto agora antes que aconteça, para que, quando acontecer, creais que EU SOU”.(idem pg. 2.021).

Ainda no evangelho de João, capitulo 14, versículos 6, diz: “Eu SOU o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai a não ser por mim”. (idem pg. 2.023).

O que podemos depreender dessas citações acima?. Podemos dizer que Deus não tem passado e nem futuro, Deus É simplesmente PRESENÇA pura!!! Ela caminha sempre com as gerações em todos os tempos e todas as épocas. O Cristo eucarístico está presente em todos os Sacrários do mundo!!!. PRESENÇA VIVA, PALPITANTE, sempre disponível a doar o seu amor infinito a seus filhos queridos, para aqueles que lhes são fiéis.

Releva salientar que a antiga aliança foi feita com os profetas e patriarcas judeus. A Nova Aliança foi instituída por Jesus. Ele é a nova e eterna Aliança!.
  Diz São Paulo que sem a ressurreição de Jesus, nossa fé seria vã!
O tríduo pascal é o ápice da liturgia cristã católica. É o momento de Reconciliarmos com os irmãos, irmãs e, principalmente com Deus, através do Sacramento da Confissão e Eucaristia. Por isto que urge nos prepararmos bem para recebermos a Santa Comunhão.

 Momento sublime que Deus nos proporciona em sua infinita bondade e misericórdia. Diz Paulo: “Deixai-vos reconciliar com Deus”. A mensagem da Salette também vem neste diapasão. Nossa Senhora nos fala sobre o domingo que é o dia da “páscoa” semanal. É o momento de recebermos a santa eucaristia num ato de humildade e de amor ao próximo. Dar e receber o perdão são fundamentais para se comemorar a Páscoa com autenticidade e profundidade. Reflitamos pois nisto!

 “PROVA DE AMOR MAIOR NÃO HÁ, QUE DOAR A VIDA PELO IRMÃO”, diz a música católica.
Deixo aqui, os meus votos de uma Santa Páscoa( sem exageros na comida e bebida), com muita luz, paz e alegria em seus corações!
--------------------------------------------------------------------
(*)autor é escritor cristão católico e Comunicador do Evangelho de Jesus Cristo para todo o planeta. Conheça seu BLOG BEM VIVER – http://antonibigcuore.blogspot.com e seu link poético e filosófico: www.recantodasletras.com.br/autores/antonibigcuore
--------------------------------------------------------------------
ANTONI BIGCUORE
Enviado por ANTONI BIGCUORE em 19/04/2014
Código do texto: T4774806
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
ANTONI BIGCUORE
São Paulo - São Paulo - Brasil
2573 textos (1016132 leituras)
87 áudios (79535 audições)
1 e-livros (168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/08/20 17:49)
ANTONI BIGCUORE