Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tentei encontrar de muitas maneiras
algo que fosse comum a nós dois
Para poder contar esta história
através da Simbiose
Mas a realidade é bem diferente
Somos totalmente opostos
Os meus livros
não combinam com o seu futebol
Os meus “D.R.s”
não combinam com a sua
impaciência
O meu jeito de fazer as coisas
não encontra simetria com
o teu de não fazer
E confesso que têm sido
muito difícil encontrar motivos para
continuar ao teu lado
Mas quando estas dúvidas me assaltam
eu lembro que nenhuma mão
 me
toca como a sua
Que nenhum abraço
me aquece como o seu
Que nenhuma voz é
mais desejada na hora de
dividir segredos
do que a sua
Lembro do dia em que seus
olhos,
olharam os meus olhos
Que suas mãos seguraram com força
as minhas mãos
E você me disse,
não chora, a gente resolve...
Amor,
não encontrei uma maneira melhor de
te pedir desculpas por quase desistir
da gente
Não sou muito boa com as palavras faladas
então, eu escrevo para você,
O homem do meu amor.
Não adianta brigar com nossos sentimentos
Eles são cavalos selvagens
Acho que nunca seremos como
a Flor e a Borboleta
Mas eu quero que você me ensine
a voar no seu jardim
E quero que você deixe eu te ensinar
que o amor contraria a lógica
E que o importante é nunca deixar de acreditar
na imensa capacidade que o Amor possui
de derrubar qualquer barreira.
Até mesmo quando não nos damos conta
que elas existem.
Saiba que sempre vou amar você
Aconteça o que acontecer
Esteja eu onde estiver.
J Butterfly
Enviado por J Butterfly em 29/09/2007
Código do texto: T673592


Comentários

Sobre a autora
J Butterfly
Manaus - Amazonas - Brasil
51 textos (17445 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 01:33)
J Butterfly