Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mary Se Desculpou?!

Mary Se Desculpou?!

Você não precisa se desculpar. Não vejo nada de errado em suas opiniões. Reservo-me o direito de nem sempre ferrar uma exclamação ao final delas.

A ponte para o começo é estarmos plugados na possibilidade de criar personagens, histórias, estórias, real show da ação, suspense na trama narrativa que não arroz com feijão. Fazer valer oficinas da imaginação.

O ponto luminoso na ponte está em saber valer a oportunidade de embarcar no buraco Outro da dimensão. Para isso usemos todos os meios que tiverem ao alcance de nossa ficção:

Trocar figurinhas em mútuas palestras sobre gêneros (literários), roteiros de cinema e TVvisão. Migrar em direção às escolas, museus, faculdades, praias... (Com ou sem violão).

Achar o mapa da mina na oficina de areia do bar da esquina. Você sacou aquela personagem que pulou pra dentro de você como se fosse ser de Outro dimensão?

Seu caminhar passou ser seu. — "Tudo pode ser seu (bis)"! Você viu o panorama na direção do Prisma? (Q aspectos hão nessa perspectiva?).

Queime no céu e no inferno da Chama Violeta. Torne-se o brega Jagger por momentos requebrentos. Ou a cantora baiana de eventos púbicos, políticos. Onde estão sua Nova Ficção?
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 25/02/2016
Código do texto: T5555469
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Decio Goodnews
São Paulo - São Paulo - Brasil
2338 textos (517595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 17:31)

Site do Escritor