Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Felizes Os que Acumulam Bens no Céu.(Lc,12, 13-21)

Antoni BigCuore Casagrande*

Data: 02.08.2019, 6ª feira.
Horas: 16:17 horas
Local: São Paulo,SP.
_____________________________________________________
                            Evangelho - Lucas 12,13-21
           Liturgia do domingo, dia 04 de agosto de 2.019

Aleluia, aleluia, aleluia.
Felizes os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus (Mt 5,3).
____________________________________________________
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
Naquele tempo, 1213disse a Jesus alguém do meio do povo: "Mestre, dize a meu irmão que reparta comigo a herança". 14Jesus respondeu-lhe: "Meu amigo, quem me constituiu juiz ou árbitro entre vós?" 15E disse então ao povo:

"Guardai-vos escrupulosamente de toda a avareza, porque a vida de um homem, ainda que ele esteja na abundância, não depende de suas riquezas". 16E propôs-lhe esta parábola: "Havia um homem rico cujos campos produziam muito". 17E ele refletia consigo: 'Que farei? Porque não tenho onde recolher a minha colheita'.

18Disse então ele: 'Farei o seguinte: derrubarei os meus celeiros e construirei maiores; neles recolherei toda a minha colheita e os meus bens. 19E direi à minha alma: ó minha alma, tens muitos bens em depósito para muitíssimos anos; descansa, come, bebe e regala-te'.

20Deus, porém, lhe disse: 'Insensato! Nesta noite ainda exigirão de ti a tua alma. E as coisas, que ajuntaste, de quem serão?' 21Assim acontece ao homem que entesoura para si mesmo e não é rico para Deus".( 1 )
Palavra da Salvação. Graças a Deus.
_________________________________________________
REFLEXÃO DE A. BIGCUORE. No evangelho supra, Jesus se encontrava em pregação da Boa Nova, quando alguém do povo lhe pede para intervir na herança de seu irmão, para com ele.

O Mestre, como sempre e com muita sabedoria, lhe responde que não lhe compete ser juiz nessa causa. E disse ao povo: “"Guardai-vos escrupulosamente de toda a avareza, porque a vida de um homem, ainda que ele esteja na abundância, não depende de suas riquezas".
 
Depois lhes conta uma parábola de um homem rico que só se preocupava em acumular mais riquezas. Pensou em derrubar seus celeiros para construir mais celeiros, com maior capacidade de armazenamento.

O homem pensou consigo: vou gozar a vida e me deliciar com meus bens. Ao que:  “20Deus, porém, lhe disse: 'Insensato! Nesta noite ainda exigirão de ti a tua alma. E as coisas, que ajuntaste, de quem serão?' 21Assim acontece ao homem que entesoura para si mesmo e não é rico para Deus".
Muitos de nós cristãos somos tentados a pensar em somente acumular bens e mais bens, não se preocupando com a construção de nosso edifício espiritual, que nos levará um dia para o paraíso.

Deus não condena as riquezas, mas sim, o mal uso das mesmas. Quem partilha a vida e seus bens com os irmãos e irmãs mais fragilizados, está usando a SABEDORIA DIVINA e se tornando doutor em felicidade.

Quem ama partilha. Quem partilha ama!. Eis a chave que nos abre o cofre do paraíso. Temos de ser RICOS AOS OLHOS DE DEUS, pois tudo o mais são como palha seca ao sabor dos ventos!
____________________________________________________
DISCUSSÃO EM GRUPO ECLESIAL

0.1. Como estou usando os bens que Deus me conferiu?
0.2. Em minha vida pessoal, tenho me preocupado em demasia em acumular riquezas?

0.3. Uso os bens materiais como meios ou como fins em si mesmos?
0.4. A minha Comunidade tem tomado ATITUDES CONCRETAS, através dos centro social para socorrer os mais necessitados, sobretudo, os desempregados?
____________________________________________________
FONTE: ( 1 ) texto extraído do site www.catolicoorante.com.br
(*)autor é Amigo do Bem e Divulgador do Evangelho de Jesus Cristo para todo o planeta. Acesse seu BLOG BEM VIVER BRAZIL – antonibigcuore.blogspot.com (autoconhecimento, espiritualidade e vida saudável). E seu link: www.recantodasletras.com.br/autores/antonibigcuore
_____________________________________________________

ANTONI BIGCUORE
Enviado por ANTONI BIGCUORE em 02/08/2019
Código do texto: T6710871
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANTONI BIGCUORE
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
2473 textos (930407 leituras)
87 áudios (64823 audições)
1 e-livros (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 15:38)
ANTONI BIGCUORE