Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JESUS INCLUI A TODOS... Deseja nossa aceitação livre... Mt (11, 16-19) - 'Mas a sabedoria foi reconhecida com base em suas obras'." - Conheça o livro da Sabedoria no Antigo Testaemento. Bíblia

'Mas a sabedoria foi reconhecida com base em suas obras'.

Evangelho do dia
Mt (11, 16-19)

"Jesus disse às multidões:
'- Com quem vou comparar esta geração?
São como crianças sentadas nas praças, que gritam para os colegas, dizendo: Tocamos flauta e vós não dançastes. Entoamos lamentações e vós não batestes no peito!'
Veio João, que nem come e nem bebe, e dizem: 'está com um demônio'. Veio o Filho do Homem, que come e bebe e dizem: 'É um comilão e beberrão, amigo de cobradores de impostos e de pecadores'.
'Mas a sabedoria foi reconhecida com base em suas obras'."

Continue Lendo... (Baixar em PDF)

Recadinho

Jesus compara a geração de sua época com crianças que nunca estão satisfeitas.

Será que nós sabemos reconhecer os bens e dons que Deus nos dá?

Será que alguém gosta de conviver com alguém que só sabe reclamar e se lamentar da vida?

O que fazemos pelos necessitados?

Sabemos distinguir o que é importante e o que é secundário na vida?
Testemunhamos nossa fé com obras?
Tornar-se amor.

“Quantas vezes eu vi meu pai esmagar uvas, pisando com os pés descalços.

Ele trabalhava... mas, às vezes, permitia que nós, os filhos, depois de ter cuidadosamente lavado os pés, entrássemos. Saltando sobre as uvas nos divertíamos muito. É interessante ver o cacho, tão frágil, tão delicado, assim... sob os nossos pés. Pés que dançam sobre o tapete de uva; parecem pés desrespeitosos... irreverentes. Mas são pés tão preciosos quanto providenciais para as uvas. Somente maltratadas assim, podem se tornar vinho, aquilo que devem ser. Pino, no final da temporada, convidava seus amigos para saborear o vinho. Garantia a sua autenticidade assegurando: "É feito com os pés!" Vinho: dom quase insubstituível que alegra e refresca! Maria também trabalhou para que não faltasse vinho no casamento. Essas uvas colocadas sob os pés! É o que Jesus fez comigo e com você, para mim e para você! Maltratado, pisoteado, rasgado... sob os nossos pés, debaixo dos nossos calcanhares, nos arremessou para o trono de Deus. Colocar-se aos pés dos outros, sob os calcanhares de quem vive com a gente, é o caminho daquele que "nega a si mesmo" para seguir Jesus; é a direção de quem quer viver como Ele, tornar-se amor, vinho inebriante.
(P. Andrea Panont, O.C.D, 14/novembro/2013)
 
A misericórdia para todos nós deve se tornar um estilo de vida!

“A organização do Jubileu da Misericórdia foi um Ano denso, cheio de iniciativas em toda a Igreja, onde foi possível ver e tocar os frutos da misericórdia de Deus. A minha intuição, no início, tinha sido simples. O Senhor, como sempre, nos surpreende e vai além de nossas expectativas. Assim, aquele desejo se tornou uma realidade que foi celebrada com muita fé e alegria nas comunidades cristãs espalhadas pelo mundo. A “Porta da Misericórdia” aberta em todas as catedrais e nos santuários fez com que os fiéis não encontrassem nenhum obstáculo para experimentar o amor de Deus. Aconteceu algo de realmente extraordinário que agora deve ser inserido na vida cotidiana para fazer a misericórdia se tornar um compromisso e um estilo de vida permanente para os fiéis”. “Penso ainda em quantos foram atingidos por hediondos atos terroristas, em particular pelos massacres recentes ocorridos. Aos nossos irmãos, perseguidos em muitas partes do mundo por causa da sua fé, o Menino Jesus dê consolação e força”.

(Papa Francisco, em encontro, no dia 28 de novembro de 2016,
com cerca de 400 pessoas organizadoras e voluntárias do Jubileu
da Misericórdia)
 
REMEMORANDO: Atriz deixa fortuna para empregada, motorista e secretário!

No dia 10 de dezembro de 2017, uma das atrizes mais conhecidas,
Eva Todor, que atuou em novelas clássicas como Roque Santeiro,
Top Model e O Cravo e a Rosa, faleceu aos 98 anos devido a complicações respiratórias causadas por uma pneumonia.

A atriz deixou uma fortuna para sua empregada, seu motorista
e seu secretário! Eva não tinha filhos e era viúva. Deixou uma herança considerável entre imóveis e dinheiro em banco.
Por não ter nenhum herdeiro direto, resolveu deixar sua herança para as três pessoas que mais conviveram e cuidaram dela nos últimos tempos!
 
Caixão de defunto não tem gaveta nem cofre!

Em nosso “Vivências” já fizemos referência a tal advertência do Papa Francisco! Um grande amigo, de grandes posses, confidenciou ao redator de “Vivências” que alguns anos atrás já passou seus bens para futuros herdeiros, reservando para si apenas uma propriedade, em sua cidade natal de Porto Feliz (SP).
A propriedade? O espaço que reservou para si: seu túmulo no cemitério! Que bela lição! E temos certeza de que, pelo mundo afora, é incalculável o número dos que pensam e agem assim! Que Deus nos inspire e ajude a entender a fundo tão nobre realidade! Só uma coisa temos que comprar, com nosso testemunho de vida:  o Reino de Deus a nós reservado pela Trindade Santa, guiados pela pobre, humilde, simples, amorosa “Aparecida das Águas!”

O caminho Papa Francisco nos indica!

“Aparecida das Águas” nos convida: Sejamos discípulos missionários
do Redentor!

APOIO:
Nossa mensagem lhe foi útil?
Quer colaborar conosco?

Escreva para: E-mail: contato@aparecidadasaguas.com

O Vivências de hoje foi composto a partir de publicações
de 2011 a 2017, para o Evangelho do dia
contato@aparecidadasaguas.com
Enviado por J B Pereira em 14/12/2018
Código do texto: T6526811
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2269 textos (1222159 leituras)
14 e-livros (85 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/19 03:27)
J B Pereira