Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Busquemos o Bem e a Paz de Deus em nome de Jeus e sob o olhar de Maria Santíssima: "O alerta de Maria (Nossa Senhora das Graças) para o Brasil - Padre Paulo Ricardo Publicado em 11 de nov de 2013.


Ore todos os dias, nunca desista,
mesmo se a dor e a sofrência parecerem tantas
veja que Jesus por você tudo passou
para enfrentar
a vida
e a morte
só por amor de sua salvação.


A oração é a ponte, a chuva,
a alegria de sermos filhos de Deus em Jesus,
a conexão entre o humano e o divino pela cruz e a divina ressurreição.
A oração é o nosso pulmão espirital
de conexão entre a alma e Deus.
J B PEREIRA


A INCRÍVEL HISTÓRIA DA MENINA QUE MORREU DE AMOR POR JESUS, LITERALMENTE

COMPARTILHAR

SINTONIA COM DEUS
Publicado em 6 de jan de 2018

"O Martírio não é nada em comparação com a Santa Missa. Pelo martírio, o homem oferece a Deus a sua vida; na Santa Missa, porém, Deus dá o seu Corpo e o seu Sangue em sacrifício para os homens. Se o homem reconhecesse devidamente esse mistério, morreria de amor".
Neste vídeo, vamos contar um pouco da historia desta grande menina: Beata Imelda Lambertini.
Deixe seu like, compartilhe, se inscreva no canal.

https://www.youtube.com/watch?v=JVA4NdXl5W4
__________________

A Igreja implora que o perigoso pecado contra o Espírito Santo
ceda o lugar a uma santa disponibilidade para aceitar a missão
do Consolador, quando Ele vier para
«convencer o mundo
quanto ao pecado,
quanto à justiça
e quanto ao juízo».  João 16:7-11.

João 16,7-11:
   "7 Mas eu afirmo que é para o bem de vocês que eu vou. Se eu não for, o Conselheiro não virá para vocês; mas, se eu for, eu o enviarei.
8 Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.
9 Do pecado, porque os homens não creem em mim;
10 da justiça, porque vou para o Pai, e vocês não me verão mais;
11 e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está condenado."

https://www.bibliaon.com/versiculo/joao_16_7-11/
_______________


Façam a experiência pessoal de Deus. Não se apeguem ao mundo material e ao luxo e ao poder. O prazer é passageiro; o céu é eterno com Deus.
Fomos feitos para o amor e para viver o amor eternamente.
Jesus disse:
"- Pai, peço-Lhe não os tires do mundo (ainda);
mas os liberto do mal (=maligno)" Jo 17, 14.

Tenha fé e amor, procure alimentar o seu interior com a Palavra e a Eucaristia, o amor à Virgem Mãria, Mãe de Deus e Nossa. Fidelidade à Igreja de Jesus, ao seu Batismo...

Fuja do pecado e peça força em cada tentação... Só o amor de Deus pode nos converter para Deus e levar ao Céu.

Não somos do mundo... Por isso, o mundo nos estranha...

Somos fracos, fortes em nome de Jesus com a Fortaleza e dons do Espírito Santo.

Correspondamos ao amor do Senhor hoje e sempre, não pequem contra Deus e o Espírito Santo, que Jesus nos concedeu após a Ascensão.

Em Pentecostes, nasce a Igreja mais forte - os seguidores de Jesus!

Nunca desistam do Evangelho, das obras de misericórdia.

__________

Os 6 pecados contra o Espírito Santo

https://pt.aleteia.org/2018/05/03/os-6-pecados-contra-o-espirito-santo/

  Redação da Aleteia / Senza Pagare | Maio 03, 2018

pecado contra Espírito Santo
CC

Compartilhar

Essencialmente, são 6 manifestações de um só e mesmo pecado: rejeitar a graça de Deus a ponto de proibi-Lo de nos perdoar
e salvar.

Diz o Evangelho, em Mateus, 12, 32:

“E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem,
ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo,
não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro”

Os pecados contra o Espírito Santo consistem na rejeição da graça de Deus; trata-se da recusa da salvação, da rejeição completa perante a ação, os convites incessantes e as advertências do Espírito Santo. São pecados em que a bondade de Deus é colocada em questão.

É pecado por pura malícia, contrário à bondade que é o Espírito Santo. A vontade da pessoa que peca é tão endurecida que ela não deseja a misericórdia de Deus e rejeita a Sua bondade.

O pecado contra o Espírito Santo é imperdoável precisamente porque é o próprio pecador quem impede Deus de perdoá-lo.

Como Deus respeita a liberdade com que nos criou, Ele respeita a decisão do pecador de negar-se firmemente a ser perdoado.

O Papa São Pio X ensinou, no seu Catecismo Maior, que são seis os pecados contra o Espírito Santo:

1º – Desesperar da salvação, quando a pessoa perde as esperanças na salvação, julgando que a sua vida já está perdida e que se encontra condenada, antes mesmo do Juízo. Julga que a misericórdia divina é pequena. Não crê no poder e na justiça de Deus.

2º – Presunção de salvação, quando a pessoa cultiva na sua alma uma ideia de perfeição que implica um sentimento de orgulho. Considera salva pelo que já fez. Apenas Deus sabe se aquilo que fizemos merece o prêmio da salvação ou não. A nossa salvação pode ser perdida, até o último momento da nossa vida, e Deus é o nosso Juiz Eterno. Devemos crer na misericórdia divina, mas não podemos usurpar o atributo divino inalienável do Juízo. O simples facto de já se considerar eleito é uma atitude que indica a debilidade da virtude da humildade diante de Deus. Devemos ter a convicção moral de que estamos certos nas nossas ações, mas não podemos dizer que aos olhos de Deus já estamos definitivamente salvos. Os calvinistas, por exemplo, afirmam a eleição definitiva do fiel, por decreto eterno e imutável de Deus. A Igreja Católica ensina que, normalmente, os homens nada sabem sobre o seu destino, excepto se houver uma revelação privada, aceite pelo sagrado magistério. Por essa razão, os homens não se podem considerar salvos antes do Juízo.

3º – Negar a verdade conhecida como tal pelo magistério da Santa Igreja, quando a pessoa não aceita as verdades de fé (dogmas de fé), mesmo após exaustiva explicação doutrinária. É o caso dos hereges. Considera o seu entendimento pessoal superior ao da Igreja e ao ensinamento do Espírito Santo que auxilia o sagrado magistério.

4º – Inveja da graça que Deus dá aos outros. A inveja é um sentimento que consiste em irritar-se porque o outro conseguiu algo de bom. Mesmo que possua aquilo ou possa conseguir um dia. É o ato de não querer o bem do semelhante. Se eu invejo a graça que Deus dá a alguém, estou a dizer que aquela pessoa não merece tal graça, tornando-me assim o juiz do mundo. Estou a voltar-me contra a vontade divina. Estou a voltar-me contra a Lei do Amor ao próximo. Não devemos invejar um bem conquistado por alguém. Se este bem é fruto de trabalho honrado e perseverante, é vontade de Deus que a pessoa desfrute daquela graça.

5º – Obstinação no pecado é a vontade firme de permanecer no erro mesmo depois da ação do Espírito Santo. A pessoa cria o seu critério de julgamento ético. Ou simplesmente não adota ética nenhuma e assim aparta-se da vontade de Deus e rejeita a Salvação.

6º – Impenitência final é o resultado de toda uma vida de rejeição a Deus. O indivíduo persiste no erro até o final, recusando arrepender-se e penitenciar-se, recusa a salvação até o fim. Consagra-se ao adversário de Cristo. Nem mesmo na hora da morte tenta aproximar-se do Pai, manifestando humildade. Não se abre ao convite do Espírito Santo.

A partir de Senza Pagare

https://pt.aleteia.org/2018/05/03/os-6-pecados-contra-o-espirito-santo/
____________________________

PECADOS CONTRA O ESPÍRITO SANTO para os quais não há perdão.

Os pecados contra o Espírito Santo são seis, e chamam-se estes pecados particularmente pecados contra o Espírito Santo, porque se cometem por pura malícia, o que é contrário à bondade que se atribui ao Espírito Santo (Terceiro Catecismo da Doutrina Cristã de São Pio X):


1º - Desespero de salvação:
Ocorre quando a pessoa já pecou tanto que entra em desespero achando que não há mais salvação para ela. Fica convencida de que não há mais solução e que seu destino é o inferno. NOTE-SE QUE NESTE CASO A PESSOA NÃO SE CONFESSA POR QUE ACREDITA QUE NÃO ADIANTA, E QUE ESTÁ DEFINITIVAMENTE CONDENADA.

2º - Presunção de salvação sem merecimento:
Ocorre quando a pessoa se acha muito virtuosa que pensa que já está no céu e por isso por mais que possa ter feito algum pecado, Deus lhe perdoará. Implica num sentimento de orgulho achando de que está salva pelo que já fez na vida. NOTE-SE QUE NESTE CASO A PESSOA NÃO SE CONFESSA POR QUE ACHA DESNECESSÁRIO; ACREDITA QUE JÁ ESTÁ SALVA.

3º - Negar a verdade conhecida como tal:
Ocorre quando a pessoa se julga “dona da verdade” e por isso não aceita as verdades da fé por puro orgulho. NOTE-SE QUE NESTE CASO A PESSOA NÃO SE CONFESSA POR QUE ACHA QUE ESTÁ CERTA E QUE NÃO HÁ NADA A SE CONFESSAR. NEM CONSIDERA O PECADO DE DUVIDAR DAS VERDADES DA FÉ, OU MESMO NEGAR AS VERDADES DA FÉ. A PESSOA ACHA QUE ESTÁ CERTA E QUE ESSA CERTEZA É ABSOLUTA. CONSIDERA QUE SABE MAIS DO QUE A PRÓPRIA IGREJA E COM ISSO NEGA QUE O ESPÍRITO SANTO AUXILIA O SAGRADO MAGISTÉRIO DA IGREJA.

4º - Inveja da graça fraterna:
Ocorre quando a pessoa tem inveja da graça que Deus dá a outrem. O invejoso irrita-se por que o seu próximo conseguiu algo de bom e por isso revolta-se contra Deus. É o caso de Caim e Abel. Caim matou Abel por inveja. NOTE-SE QUE NESTE CASO A PESSOA NÃO SE CONFESSA POR QUE ESTÁ REVOLTADA CONTRA DEUS E NÃO HÁ ARREPENDIMENTO EM SEU CORAÇÃO.

5º - A obstinação no pecado:
É quem peca não por fraqueza, mas por malícia. Peca não por que simplesmente teve tentação, mas por que AMA pecar. ORA, SE AMA PECAR, NÃO SE CONFESSA, POR QUE QUER CONTINUAR NO PECADO.

6º - A Impenitência final:
Não é difícil de entender este pecado, pois uma pessoa que vem pecando a vida inteira, no final de sua existência continua sendo impenitente e não arrependido de tudo o que fez de mal. É a suprema e final rejeição à Deus. Mesmo estando no fim da vida e sabendo que vai morrer, a pessoa não quer mudar de vida. ESTA NÃO SE CONFESSA POR QUE REJEITA DEUS ATÉ NESTA HORA EXTREMA.

CONSIDERAÇÕES FINAIS: Como pode se ver, os pecados contra o Espírito Santo são pecados de pura malícia, não de fraqueza, ou seja, a vontade da pessoa está endurecida de uma tal forma que ela JAMAIS SE CONFESSARÁ por que NÃO QUER SE CONFESSAR. Deus dá a todos a chance de se salvar e ir ao céu, mas quem peca contra o Espírito Santo não quer sair da situação em que se encontra, então Deus não pode salvar quem não quer se salvar, e por isso mesmo não tem perdão.

O QUE DIFERENCIA OS PECADOS CONTRA O ESPÍRITO SANTO DE OUTROS PECADOS É A VONTADE DA PESSOA, NÃO O ATO EM SÍ... OU SEJA, É A VONTADE QUE FAZ COM QUE A PESSOA NÃO QUEIRA MUDAR DE VIDA. Por isso se peca contra o Espírito Santo por ato de pura malícia, não por mera fraqueza.

 http://jesusfala.org/index.php/pecado-contra-o-espirito-santo

_____________________


Espiritualidade

REFLEXÃO

Entenda o pecado contra o Espírito Santo e suas consequências

https://formacao.cancaonova.com/espiritualidade/entenda-o-pecado-contra-o-espirito-santo-e-suas-consequencias/

SEXTA-FEIRA, 16 DE MARÇO DE 2007, 0H00

MODIFICADO: QUINTA-FEIRA, 20 DE JULHO DE 2017, 8H50

__________________

O alerta de Maria para o Brasil

Muitos não sabem, mas o Brasil recebeu, na década de 1930,
uma aparição de Nossa Senhora das Graças.
Consigo, a Mãe de Deus trazia uma mensagem importante,
um verdadeiro alerta para nossa nação.
E é sobre esta mensagem urgente que o Pe. Paulo Ricardo fala
neste "Parresía".

Texto do episódio

A Mãe do Senhor, sob o título de Nossa Senhora das Graças, visitou
o Brasil na década de 1930, aparecendo para duas jovenzinhas
num sítio no interior de Pernambuco.
Uma das videntes, a Irmã Adélia, faleceu no dia 13 de outubro 2013
(91 anos), contudo, a mensagem a ela transmitida pela Virgem Santíssima continua atual e oportuna.

Em perfeita consonância com as suas demais aparições, a Senhora
das Graças preveniu as jovens de que três castigos se abateriam sobre
o Brasil e que o país seria tomado pelo comunismo.
Ora, a situação da sociedade brasileira não deixa margem para dúvida de que a Senhora estava certa.
O país está cada mais mergulhado no ideal socialista e no marxismo cultural.

Felizmente, além de alertar para o perigo, a Virgem Santíssima ofereceu também o remédio: oração e penitência.
Portanto, que todos A obedeçam intensificando as súplicas e os atos
de reparação para evitar que a chaga do comunismo se abata definitivamente nesta Terra de Santa Cruz.

Nossa Senhora das Graças, rogai por nós.


https://padrepauloricardo.org/episodios/o-alerta-de-maria-para-o-brasil

___________

A Mãe do Senhor
visitou o Brasil e deu um alerta:
oração e penitência para evitar que a praga do comunismo infeste o país.

Neste Parresía, Padre Paulo Ricardo recorda o que mais disse a Senhora das Graças em sua aparição no Sítio da Guarda, em Pesqueira, Pernambuco.

- 3 castigos ao Brasil. Tipo guerra espanhola. Morte de parte do clero.
- comunismo domina o Brasil - exceto no interior

Caminho da fé em:

- É preciso de oração e penitência.

- Devoção aos corações de Jesus e Maria Santíssimo é o caminho de mudança.

- Água na rocha;curas...

____________________

13/04/2018 - MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA / MENSAJE PARA LA APARICIÓN DE MARÍA

Wagner Silva

Publicado em 14 de abr de 2018

Mensagem para a Aparição do dia 13 de abril de 2018,
recebida na Sagrada Casa de Maria, Mãe Paulista, São Paulo, Brasil;

transmitida por Maria, Rosa da Paz, à vidente Irmã Lucía de Jesús.

Contida em/Contido en/Contained in/Contenue dans:

Aparição de Maria / Aparición de María / Apparition of Mary /
Apparition de Marie - 13/04/2018
- Centro Mariano de Figueira / Marian Center of Figueira /
Centre Marial de Figueira - Minas Gerais, Brasil.

Para mais informações / Para más informaciones / For more information / Pour plus d'informations:

https://www.mensajerosdivinos.org
http://www.misericordiamariatv.org/
http://www.fraterinternacional.org/

Video (unofficial) recorded from internet transmission by Wagner Silva.

https://www.youtube.com/watch?v=O3HAxzyg6p0

___________________

04 orações de Padre Pio a Virgem Maria

  Todo de Maria

Out 18, 2018

PIO
operapadrepio.it

Compartilhar

Rezemos à nossa Mãe com as palavras deste grande santo
São Padre Pio de Pietrelcina era devoto fervorosíssimo da Virgem Maria, que chamava carinhosamente de Mamma (Mamãe).

Padre Pio, como é mais conhecido, rezava continuamente a Nossa Senhora, pedindo as graças de que é dispensadora, suplicando a sua intercessão, o seu cuidado materno.

As orações deste grande santo são frutos de uma profunda intimidade com Deus, como podemos perceber em suas palavras:

“Assim que me ponho a rezar, logo sinto o coração como que invadido por uma chama de amor; essa chama não tem nada a ver com qualquer chama deste baixo mundo.
É uma chama delicada e muito doce, que consome e não causa sofrimento algum.
Ela é tão doce e tão deliciosa, que o espírito prova sua complacência e permanece saciado, mas sem perder o desejo – oh Deus! –, algo que me parece maravilhoso e que talvez jamais consiga compreender, a não ser na pátria celeste[1].”

Depois de conhecer um pouco a vida de oração de São Pio de Pietrelcina, vejamos quatro de suas orações dirigidas a Virgem Maria, que providencialmente temos acesso graças ao seu Epistolário, ou seja, às suas cartas:

Minha Mãe, Maria
Mãe de misericórdia,
tem piedade de mim!
Deverias compreender,
minha querida Mãe,
que se o fiz,
o fiz unicamente
por obedecer!

“Não te preocupes
que os outros pensem
a teu respeito
tantas coisas estranhas,
nós vamos te defender;
até o momento eles te aborreceram,
mas agora terão de acertar
as contas conosco”[2].

Virgem Imaculada
Santíssima Virgem Imaculada
e minha Mãe, Maria,
a ti que és a Mãe do meu Senhor,
a rainha do mundo,
a advogada, a esperança,
o refúgio dos pecadores, recorro hoje,
eu que sou o mais miserável de todos.
Eu te venero, ó grande Rainha,
e te agradeço
todas as graças que me concedeste até agora,
sobretudo por me teres libertado do inferno,
tantas vezes por mim merecido.
Eu te amo, Senhora Amabilíssima,
e pelo amor que te devoto,
prometo querer sempre servir-te
e fazer tudo o que posso
para que também sejas amada pelos outros.
Deposito em ti todas as minhas esperanças,
toda a minha saúde.
Aceita-me como teu servo
e acolhe-me sob o teu manto,
ó Mãe de misericórdia.
E visto que és tão poderosa com Deus,
liberta-me tu de todas as tentações;
ou dai-me forças
para vencê-las até a morte.
A ti peço o verdadeiro amor
a Jesus Cristo.
De ti espero ter uma boa morte.
Minha Mãe, pelo amor que nutres para com Deus,
peço-te que me ajudes sempre,
mas muito mais no último instante da minha vida.
Não me deixes até que não me vejas
já salvo no céu a bendizer-te
e a cantar as tuas misericórdias
por toda a eternidade! Amém[3].

Eu te suplico, minha Mãe
Ó celestial tesoureira de todas as graças,
Mãe de Deus e minha, Maria,
porque és a filha primogênita
do eterno Pai
e tens na mão a sua onipotência,
tem piedade de minh’alma
e concede-me a graça
pela qual fervidamente te suplico…
Ave, Maria…

Ó misericordiosa dispensadora
das graças divinas,
Maria Santíssima,
tu que és a Mãe
do eterno Verbo encarnado,
que te coroou
com imensa sabedoria,
considera a grandeza da minha dor
e concede-me a graça
de que tanto necessito…
Ave, Maria…

Ó amorosíssima dispensadora
das graças divinas,
imaculada esposa
do eterno Espírito Santo,
Maria Santíssima,
tu que dele recebeste um coração
capaz de ter piedade
das humanas desventuras
e não pode resistir sem consolar quem sofre,
tem piedade de minh’alma
e concede-me a graça que espero
com plena confiança na tua imensa bondade…
Ave, Maria…

Sim, ó minha Mãe,
tesoureira de todas as graças,
refúgio dos pobres pecadores,
consoladora dos aflitos,
esperança dos desesperados
e auxílio poderosíssimo dos cristãos,
eu deposito em ti toda a minha confiança
e estou certo de que me obterás de Jesus
a graça que tanto desejo,
desde que seja para o bem de minh’alma.
Salve, Rainha…[4]

Eu te saúdo, Maria
Eu te saúdo, Maria,
filha amada do Pai eterno.

Eu te saúdo, Maria,
virgem Mãe do Filho de Deus.

Eu te saúdo, Maria,
esposa imaculada do Espírito Santo.

Eu te saúdo, Maria,
templo vivo da Santíssima Trindade.

Eu te saúdo, Maria,
concebida sem mancha alguma de pecado,
toda pura e santa.

Eu te saúdo, Maria,
virgem puríssima
antes do parto, no parto, após o parto.

Eu te saúdo, Maria,
Mãe dolorosa,
Rainha dos mártires,
coração dos corações que sofrem.

Eu te saúdo, Maria,
estrela do nosso caminho,
fonte da nossa esperança,
fonte puríssima de alegria,
porta do paraíso.

Eu te saúdo, Maria,
consoladora dos aflitos,
mãe do belo e casto amor das almas virgens,
porto sereno de paz.

Eu te saúdo, Maria,
mediadora potentíssima e piedosa de todas as graças,
aurora suspirada do dia eterno,
prelúdio suavíssimo sobre a terra
da maravilhosa harmonia dos céus.

Eu te saúdo, Maria,
rainha dos anjos e dos santos,
rainha nossa,
soberana Patrona da Ordem Seráfica.

Eu te saúdo, Maria,
refúgio dos pecadores,
mãe dulcíssima.
Amo-te muito muito,
ó bela mãe,
ó minha mãe,
conserva-me puro.
Leva-me a Jesus.
Salve, ó Maria[5].

Links relacionados:

PADRE PAULO RICARDO. Fica comigo, Senhor!
TODO DE MARIA. A Oração Abrasada de São Luís Maria.
TODO DE MARIA. O Credo di Maria ou Credo Mariano.

Referências:

[1]  PADRE PIO. Minha orações, p. 10 (Epistolário 1, 461).
[2]  Idem, p. 103 (Epistolário 1, 361-362).
[3]  Idem, p. 105-105.
[4]  Idem, p. 106-107.
[5]  Idem, p. 108-110.

(Via Todo de Maria )


https://pt.aleteia.org/2018/10/18/4-oracoes-de-padre-pio-a-virgem-maria/

___________


«CREIO NO ESPÍRITO SANTO»

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s2cap3_683-1065_po.html

687. «Ninguém conhece o que há em Deus, senão o Espírito de Deus» (1 Cor 2, 11). Ora, o seu Espírito, que O revela, faz-nos conhecer Cristo, seu Verbo, sua Palavra viva; mas não Se diz a Si próprio. Aquele que «falou pelos profetas» (5) faz-nos ouvir a Palavra do Pai. Mas a Ele, nós não O ouvimos. Não O conhecemos senão no movimento em que Ele nos revela o Verbo e nos dispõe a acolhê-Lo na fé. O Espírito de verdade, que nos «revela» Cristo, «não fala de Si próprio» (6). Tal escondimento, propriamente divino, explica porque é que «o mundo não O pode receber, porque não O vê nem O conhece», enquanto aqueles que creem em Cristo O conhecem, porque habita com eles e está neles (Jo 14, 17).

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s2cap3_683-1065_po.html

Is 11, 1-2:

«Naquele dia,
sairá um ramo do tronco de Jessé
e um rebento brotará das suas raízes.
Sobre ele repousará o Espírito do Senhor:
espírito de sabedoria e de entendimento,
espírito de conselho e de fortaleza,
espírito de conhecimento e de temor do Senhor».

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s2cap3_683-1065_po.html

______________

729. Só quando chega a Hora em que vai ser glorificado, é que Jesus promete a vinda do Espírito Santo, pois a sua morte e ressurreição serão o cumprimento da promessa feita aos antepassados (104). O Espírito da verdade, o outro Paráclito, será dado pelo Pai a pedido de Jesus; será enviado pelo Pai em nome de Jesus; Jesus O enviará de junto do Pai, porque do Pai procede. O Espírito Santo virá, nós O conheceremos, Ele ficará connosco para sempre, habitará connosco; há-de ensinar-nos tudo, há-de lembrar-nos tudo o que Cristo nos disse e dará testemunho d'Ele; conduzir-nos-á à verdade total e glorificará a Cristo. Quanto ao mundo, confundi-lo-á em matéria de pecado, de justiça e de julgamento.

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s2cap3_683-1065_po.html
______________

O termo «Espírito» traduz o termo hebraico « Ruah» que, na sua primeira acepção, significa sopro, ar, vento. Jesus utiliza precisamente a imagem sensível do vento para sugerir a Nicodemos a novidade transcendente d'Aquele que é pessoalmente o Sopro de Deus, o Espírito divino (14). Por outro lado, Espírito e Santo são atributos divinos comuns às três Pessoas divinas. Mas, juntando os dois termos, a Escritura, a Liturgia e a linguagem teológica designam a Pessoa inefável do Espírito Santo, sem equívoco possível com os outros empregos dos termos «espírito» e «santo».

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s2cap3_683-1065_po.html

____________


688. A Igreja, comunhão viva na fé dos Apóstolos que ela transmite, é o lugar do nosso conhecimento do Espírito Santo:

— Nas Escrituras, que Ele inspirou:
— na Tradição, de que os Padres da Igreja são testemunhas sempre atuais;
— no Magistério da Igreja, que Ele assiste;
— na liturgia sacramental, através das suas palavras e dos seus símbolos, em que o Espírito Santo nos põe em comunhão com Cristo;
—  na oração, em que Ele intercede por nós;
—  nos carismas e ministérios, pelos quais a Igreja é edificada;
— nos sinais de vida apostólica e missionária;
—  no testemunho dos santos, nos quais Ele manifesta a sua santidade e continua a obra da salvação.

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s2cap3_683-1065_po.html
___________________
J B Pereira e https://www.youtube.com/watch?v=Rv2SiX1O3ZM
Enviado por J B Pereira em 28/10/2018
Reeditado em 08/11/2018
Código do texto: T6488628
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2309 textos (1293733 leituras)
14 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 13:34)
J B Pereira