Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"O Espírito Santo provém do Pai e do Filho e com o Pai e o Filho é amado e Adorado... , O Paráclito falou pelos profetas" e pairou sobre as águas primevas da criação.

Glória a Ti, Trindade Santa de Deus.
"Gloria tibi, Trinitas" (latim)

Marcos 12:30:
“- Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força”.

"Ó Deus, tu és o meu Deus,
eu te busco intensamente;
a minha alma tem sede de ti!
Todo o meu ser anseia por ti,
numa terra seca, exausta e sem água."
Salmos 63:1

João 1:1,2. No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus. … João 5:17,23.

17:11,21 onde Cristo se refere a seus seguidores fiéis :
““Também, não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo e eu vou para ti. Santo Pai, vigia sobre eles por causa do teu próprio nome que me deste, para que sejam um (em grego `en), assim como nós somos.”
“30 Que o Filho e o Pai são um (HEN, neutro, literalmente uma coisa), não é usado como propondo algo em metafísica, mas simplesmente uma explicação porque um ataque ao filho seria também um ataque ao Pai, e fadado a falhar.”-p.258

“…a fim de que todos sejam um, (grego `((H)en) assim como tu, Pai,
estás em união comigo e eu estou em união contigo, para que eles também estejam em união conosco, a fim de que o mundo
acredite que me enviaste.”
https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2011/10/25/joao-1030-eu-e-o-pai-somos-um/

Hebreus 4.12 – Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante que espada alguma de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

Hebreus 4:12 | A palavra de Deus é viva e mais poderosa e cortante ...
listen.bible.is/PORBSP/Heb/4/12
"... dois gumes. Penetra até ao íntimo da pessoa, até à união da alma e do espírito, e até onde os ossos e a medula se juntam. Por isso Deus é capaz de julgar os desejos e os pensamentos do coração humano. ...
12 A palavra de Deus é viva e mais poderosa e cortante do que qualquer espada de dois gumes. Penetra até ...'

"Que o próprio Deus da paz os santifique inteiramente. Que todo o espírito, a alma e o corpo de vocês sejam preservados irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. "
1 Tessalonicenses 5:23
http://www.palavrafiel.com.br/o-corpo-a-alma-e-o-espirito/
________________

JESUS NOS REVELA A TRINDADE COMO MISTÉRIO DE DEUS E O ESPÍRITO SANTO É FONTE DE AMOR E UNIDADE EM NOME DE JESUS.

J  B PEREIRA

15 " - Assim como o Pai me conhece a mim, também
eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas. ...
30 Eu e o Pai somos um."
Jo 10, 15.30.


A "Pericorese" (no grego - dança de roda - é a inter-relação
entre as pessoas da Trindade) de Jesus no Pai e no Espírito Santo -
a Pericorese é a unidade de Deus uno e a diversidade
(não adversidade) de pessoas unidas eternamente.

“- O Filho não pode fazer nem uma única coisa de sua própria iniciativa, mas somente o que ele observa o Pai fazer”, disse Jesus.
“- Porque as coisas que Este faz, estas o Filho faz também da mesma maneira.” — João 5:19; 14:10; 17:8.

“O que, então, é Apolo? Sim, o que é Paulo? Ministros por intermédio de quem vos tornastes crentes, assim como o Senhor concedeu a cada um. 6 Eu plantei, Apolo regou, mas Deus [o] fazia crescer;
7 de modo que nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus que [o] faz crescer. 8 Ora, quem planta e quem rega é um só,
(em grego "en" )  mas cada um receberá a sua própria recompensa, segundo o seu próprio labor. 9 Pois somos colaboradores de Deus.
Vós sois campo de Deus em lavoura, edifício de Deus”


“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de ..."
"Porque não há distinção: Todos pecaram e privados estão
da glória de Deus. ... suportar a presença de Deus,
como se pode ver no exemplo de Adão [Gn 3.8]

"Todos pecaram e estão privados da graça, exceto Jesus - vê o Pai"
e está em contato com o Pai permanentemente.
Romanos 3:23

Veja comentário de Calvino (1509 – 1564) sobre essa privação da graça: "Romanos 3.23-26: (23) Porque todos pecaram e foram privados da glória de Deus; (24) sendo justificados gratuitamente por sua graça mediante a redenção que está em Cristo Jesus; (25) a quem Deus apresentou como propiciação, por meio de seu sangue, para manifestar sua justiça, visto ter deixado impunes os pecados anteriormente cometidos, de conformidade com sua tolerância; (26) pois tendo em vista, digo eu, a manifestação de sua justiça no tempo presente, para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus"
http://voltemosaoevangelho.com/blog/2015/07/leia-romanos-com-calvino-porque-todos-pecaram-romanos-3-23-26/

E calvino afirmava: "A justiça divina, pois, resplandece em nós na medida em que Deus nos justifica por meio da fé em Cristo, pois este haveria sido dado em vão, para nossa justiça, caso não o usufruíssemos, por meio da fé. Segue-se disso que todos os homens, inerentemente, são injustos e estão perdidos, até que o remédio celestial lhes seja oferecido [o sangue derramado de Jesus na cruz para nossa salvação eterna.]. porque a justiça de Deus só se revelou claramente no tempo em que Cristo apareceu [na a plenitude dos tempos].João 3.16: “Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito.” Entretanto, se adotarmos o segundo significado, o sentido será o mesmo, a saber: que, a seu próprio tempo, Deus o apresentou, a quem designou Mediador. Quando esta [impureza] é removida, então ele nos ama e nos abraça como feituras suas, próprias e puras. Mediante a redenção que está em Cristo Jesus. Esta é a causa material, a saber: o fato de que Cristo, mediante sua obediência, satisfez o juízo do Pai; e ao tomar sobre si nossa causa, livrou-nos da tirania da morte, por meio da qual fomos mantidos em cativeiro. Nossa culpa é cancelada pelo sacrifício expiatório por ele oferecido. Aqui, novamente, a ficção daqueles que fazem da justiça uma qualidade [humana] recebe sua melhor refutação. Se somos considerados justos diante de Deus em razão de sermos redimidos mediante um preço, certamente recebemos de outra fonte o que não possuímos. O apóstolo, logo a seguir, explica mais claramente o valor e objetivo desta redenção, ou, seja: ela nos reconcilia com Deus, pois ele chama Cristo de propiciação ou (prefiro usar a alusão a uma figura mais antiga) propiciatório. O que ele pretende é que somos justos somente até onde Cristo reconcilia o Pai conosco. Mas devemos agora examinar o que ele diz. [Fomos salvos por graça de Deus em Jesus e não mérito nosso - porque todo sacrifício antigo e nosso não reparou a ira de Deus sobre nós quando desobedecemos a Deus]. A justiça em Jesus é perfeita e absoluta!; "
http://voltemosaoevangelho.com/blog/2015/07/leia-romanos-com-calvino-porque-todos-pecaram-romanos-3-23-26/

"É por Graça - que fomos curados..."  Efésios 2:5

Jesus fez a diferença no seu tempo por ter conhecido seu povo e sua época. Seu desafio era falar de um mundo diferente e pós-morte que começa aqui pela mudança de atitude e bondade que perdoa.

Não é homem algum que nos salvou. Só Jesus!

Pela fé que Jesus é o nosso mediador e salvador perante Deus.

Os santos e a Virgem Maria participam dessa mediação universal de Jesus.

Tudo é Jesus quem realiza quando cura, liberta, etc.

Maria se fez serva de Deus e glorificou a Deus pelas maravilhas nela realizadas quando a concedeu Deus ser Mãe de seu Filho.
Aos pés da cruz, Jesus nos entrega a sua Mãe como presente: a viúva e mãe única de Jesus, único Filho  de Deus e de Maria.

A Bíblia, embora diga "os irmãos do Senhor" (Jesus), não diz explicitamente Filhos de Maria, que é a mulher "cheia de graça"
(cf. Lc 1, 28).



Isso significa que era e é Plano de salvação de Deus, que por meio de Maria, Jesus nascesse e vivesse em Nazaré com seus pais na forma da Lei (Torá) por 30 anos - a partir dos quais daria inicio a sua pregação do Reino depois do Batismo no Rio Jordão.

Por isso, Maria é Virgem Mãe de Deus! (Teótoco (em grego: Θεοτόκος; transl.: Theotókos) ou "Deípara" - termo lusófono - s.f. Aquela que deu à luz um Deus. (Título dado à Virgem Maria), conforme Santo Anatásio).

Santo Atanásio (295-373), nosso pai na fé, de ilustre memória, ...
"Ó Virgem Senhora, Imaculada deípara (geradora de Deus), senhora minha ... Veja em "Maria e o testemunho de escritos antigos": http://www.sinaisdostempos.org/perguntas/maria_escritos
Ela é também co-mediação na Mediação única e universal de Jesus!

A cruz - sinal de condenação romana (penas e morte) - é transformada em sinal de salvação e modelo de oração pesesoal e  eclesial ou coletiva e dos que seguem Jesus (Maria é modelo da Igreja - comunidade de Fé em Jesus porque estava esperando também o Espírito Santo em Pentecostes:  e o cristão faz o sinal da cruz lembrando e aumentando sua fé em Jesus. Pela cruz, Jesus redimiu o mundo do pecado.

Jesus nos conduz à Eternidade: nosso fim último depois desta vida terrena...
Então, arrependemos e sigamos o exemplo do Divino Mestre hoje e sempre. Não há reencarnação, porque ela tiraria a necessidade de intervenção de uma salvação Reencarnação visa as purificação e o corpo é visto como "cárcere ou prisão da alma".

A primeira vinda de Jesus ou encarnação de Jesus no seio puríssimo da Virgem Mãe Maria (nos relatos bíblicos do neo testamento) é um ato de amor e Deus vem a nós e nos edifica pela aceitação total de nossa condição humana essencial: somos formados de corpo e alma
(visão dos gregos) ou de corpo (''sarx' para os judeus) e alma
(espírito ou "nefesch" para os hebreus).

"Pneuma" é o espírito em grego como fortaleza da alma ou identidade com Deus.
A pneumatologia é parte da teologia e dos estudos bíblicos sobre a natureza e a obra multiforme do Espírito Santo ou Consolador, Paráclito.

O Espírito de Deus e de Jesus - 3 ª pessoa da Santíssima Trindade -
é o amor do Pai e do filho, provem de ambos e é o amor entre ambos.
O mistério da SS. Trindade é o maior dogma do Cristianismo, porque foi revelado por Jesus na Bíblia. É Deus uno e trino uma comunidade  perfeitamente santa, familiar, pericorética (Gênesis: 1.26 –
"Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa…): a visão ontológica de que Deus não é solidão, mas comunhão de criação, recriação ou salvação e amor/transformação/consolidação da fé em comunidade perfeita.

O Espírito Santo endossa a criação do Pai Eterno, dar aval ao ministério de Jesus e da Igreja - prolonga a Hora de Jesus na Hora da Igreja - quando esta dá testemunho e evangeliza no mundo em nome de Jesus para a Glória de Deus Pai.

O PAI ENVIA O FILHO - este o ESPÍRITO SANTO. o Pai cria, o Filho salva e o Espírito santo santifica e conduz a Igreja e todos nós na História rumo ao Paraíso.
"Em Jesus - somos nova criatura..." (2 Co 5.17), mas ela diz também que não há um justo sequer (Rm 3.10),

"... através do espírito que o homem faz contato com Deus, ou seja, é através dele que mantemos uma relação com o Senhor e isto é obvio, na medida que o Deus é Espírito, somente poderemos senti-Lo através do espírito."

"Deus é o Espírito Perfeitíssimo criador do Céu e da Terra."
Catecismo católico.
J B Pereira e https://www.esbocandoideias.com/2016/03/o-que-a-biblia-ensina-sobre-corpo-alma-e-espirito.html e http://voltemosaoevangelho.com/blog/2015/07/leia-romanos-com-calvino-porque-todos-pecaram-romanos-3-23-26/
Enviado por J B Pereira em 22/06/2018
Reeditado em 22/06/2018
Código do texto: T6371255
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2333 textos (1319817 leituras)
14 e-livros (98 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/20 07:21)
J B Pereira