Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALAVRA DE DEUS SEGUNDO LUCAS(19,1-10)

Antoni BigCuore*
Data: 29.10.16, sábado, às 16,46 hrs.
Local: São Paulo,SP.
-------------------------------------------------------------------

               PALAVRA DE DEUS SEGUNDO LUCAS - (Lc 19,1-10)
-------------------------------------------------------------------

"Naquele tempo, Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. 2Havia ali um homem chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos e muito rico.

3Zaqueu procurava ver quem era Jesus, mas não conseguia, por causa da multidão, pois era muito baixo. 4Então ele correu à frente e subiu numa figueira para ver Jesus, que devia passar por ali. 5Quando Jesus chegou ao lugar, olhou para cima e disse: “Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo ficar na tua casa”.

6Ele desceu depressa, e recebeu Jesus com alegria.

7Ao ver isso, todos começaram a murmurar, dizendo: “Ele foi hospedar-se na casa de um pecador!”

8Zaqueu ficou de pé, e disse ao Senhor: “Senhor, eu dou a metade dos meus bens aos pobres, e se defraudei alguém, vou devolver quatro vezes mais”.

9Jesus lhe disse: “Hoje a salvação entrou nesta casa, porque também este homem é um filho de Abraão. 10Com efeito, o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido”. ( 1 )
------------------------------------------------------------------
REFLEXÃO DE A. BIGCUORE. O evangelista Lucas relata, no domingo de hoje, um personagem chamado Zaqueu, que era cobrador de impostos. Para os judeus, era uma pessoa mal vista, pois roubava aos seus compatriotas para dar aos romanos em forma de tributos.
-------------------------------------------------------------------
Palavras chaves do cenário de hoje: Jesus, Zaqueu, Cobrador de Impostos, Encontro, árvore, hóspede, Conversão, Doaçao de bens aos pobres etc.
-------------------------------------------------------------------
Como Zaqueu era de estatura baixa, subiu na árvore para VER JESUS!
O Mestre, sempre muito atento e detalhista, teve a percepção do fato e o chama para descer da árvore, pois queria se hospedar em sua casa.
"Desça depressa, Zaqueu, pois hoje preciso ficar em sua casa", diz literalmente o Mestre Jesus.

Zaqueu se comove diante da assertiva de Jesus, e vai ao seu ENCONTRO, abre o seu coração e diz que daria METADE de todos os seus bens aos pobres e se tivesse roubado alguém, daria quatro vezes mais!!!
Jesus, surpreso e comovido, diz: "HOJE A SALVAÇÃO ENTROU NESTA CASA"!

Note bem que o Mestre NÃO condena os ricos!. Ela abre a possibilidade da SALVAÇÃO a todas as pessoas de boa vontade. Deus vê sempre o coração, antes da razão. Percebe a autenticidade do sentimento do Cobrador de Impostos, e também vai a seu ENCONTRO para lhe possibilitar a salvação.

Tal fato, por outro lado, choca os fariseus! Ficam escandalizados e dizem: "Ele foi se hospedar na casa de um pecador!".

A lógica divina é bem diferente da lógica humana ritualista. Jesus quebra paradigmas quando acolhe prostituta, acolhe quem sofre de quaisquer males físicos, leprosos, por exemplo, coxos e cegos. Ele come da na casa de "cobradores de impostos" etc.

Conclui o Mestre: "DE FATO, O FILHO DO HOMEM VEIO PROCURAR E SALVAR O QUE ESTAVA PERDIDO".
Os nossos preconceitos é que nos impedem de "ver" Jesus!; eles também impedem que a semente da GRAÇA de Deus, germine em nossos corações.

Para sermos discípulos de Jesus, é imperativo ACOLHER os mais fracos e termos um coração acolhedor e compassivo.
Meus irmãos e minhas irmãs em Cristo, tenham um feliz e santo domingo! Que a graça e a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo, se alojem em seus corações! Amém.
--------------------------------------------------------------
(1) Texto bíblico do portal CN.
(*) autor é Amigo do Bem e Evangelizador. Conheça seu Blog Bem Viver - antonibigcuore.blogspot.com (autoconhecimento, espiritualidade e vida saudável).


ANTONI BIGCUORE
Enviado por ANTONI BIGCUORE em 29/10/2016
Código do texto: T5806960
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
ANTONI BIGCUORE
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
2506 textos (969317 leituras)
87 áudios (69234 audições)
1 e-livros (165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 01:03)
ANTONI BIGCUORE