Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INDULTO DE NATAL (Poema para o ladrão)

Amigo o que tenho aqui
Não é nada especial
Apenas espelho e pente
Escova e creme dental
Para o rosto protetor
E um brilho labial

Dinheiro só em janeiro
Tô sem cheque especial
O limite do cartão
Utilizei o final
No momento só desejo
Que tenha um feliz Natal

Não precisa ter fartura
Somente o essencial
Esqueça o egoísmo
Deixe de fazer o mal
Para o mau que tem em si
Dê INDULTO DE NATAL
Alcinete Gonçalves
Enviado por Alcinete Gonçalves em 24/12/2019
Reeditado em 24/12/2019
Código do texto: T6825790
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Alcinete Gonçalves
Crato - Ceará - Brasil, 64 anos
211 textos (5569 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 12:27)
Alcinete Gonçalves