Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O VERDADEIRO NATAL. TESTEMUNHO DE UMA COLEGA

O VERDADEIRO NATAL

DANIELLA FARIA DE ANDRADE – MG.

Já é tarde e não consigo dormir, antes de escrever um pouquinho do  que penso do Natal. Creio que o verdadeiro natal acontece quando deixamos Jesus nascer em nosso coração. Há três anos atrás, em uma missa no Santuário Nossa Senhora Aparecida ouvi o padre Marcello, muito sabiamente, dizer que as pessoas estavam elogiando-o pelo lindo presépio construído na igreja, no entanto, ele ressaltou que isso não era lindo, muito pelo contrário, visto que, Jesus nasceu naquelas condições porque José e Maria não encontraram um abrigo melhor. Dito isso, ele pediu para que abríssemos as portas do nosso coração para recebermos Jesus.

Sendo assim, todo Natal volto-me a essas palavras, e faço uma reflexão de como está o meu coração para receber Jesus no Natal que se aproxima. Será que o meu coração é um lugar seguro e quentinho para receber meu grande e amado Rei? No diário de Santa Faustina, que há algum tempo andei dando umas folheadas, Jesus diz que não encontra abrigo em muitos corações quando em comunhão, e então como não há lugar para Ele, Ele logo vai embora. Porém nos corações que estão aberto ele faz morada eterna.

Posso dizer que pude experienciar isso de maneira muito intensa nessa mesma época já citada. Eu rezava e dizia a Jesus que fizesse morada em meu coração, e em comunhão sentia a Eucaristia descendo queimando até chegar ao meu coração. O mais incrível foi poder sentir Jesus no meu coração mesmo após a comunhão. Nas alegrias, e também nas tristezas, sentia meu coração queimar. Em um desses dias corri para igreja cheguei justamente na hora da missa, esses queimores aumentaram, e na hora em que o padre elevou o cálice e o vinho, e eu estendi a mão, como sempre faço, e a palma da minha mão também queimava, lembrei mais uma vez de Santa Faustina, que via os raios de misericórdia transpassando cada coração nessa mesma hora. E com certeza nesse momento eu estava sendo inundada pela misericórdia de Deus.

Outro fato muito interessante é que como meu coração queimava muito, antes de ir para a igreja, em minha conversa com Jesus, eu disse a Ele que eu estava grávida dEle, assim como Maria esteve. Isso veio a confirmar na missa, no momento da homilia, quando o padre, cujo nome não me lembro, disse que naquele Natal devíamos estar grávidos de Jesus.
Não sei se consegui passar minha mensagem direito. Mas o que peço é que vivam plenamente cada Natal, creia sempre na Santa Eucaristia, no Deus vivo e no amor de Deus. Por mais triste e mais só, nunca abandone a Deus, porque com Deus nunca estamos sozinhos, pois Ele sempre nos ampara e nos ama, aliás o amor Dele é infinito, assim como sua misericórdia.
Jesus eu confio em vós!!!

Daniella Faria de Andrade – MG.
________________________________________________________
NOTA DE ANTONI BIGCUORE. Este texto me foi enviado, como não tem data, presumo que foi no ano de 2001 mais ou menos, pela então colega virtual de Uberlandia, Minas Gerais. Achei muito lindo e tomei a liberdade de publicá-lo pois é um belo testemunho de vida pessoal que pode incentivar a muitas pessoas a se voltarem para o Coração de Jesus!
JESUS, EU CONFIO EM VÓS!
p.s. Como perdi o contato com ela, tomei a liberdade de publicá-lo mesmo sem a sua autorizaçao oficial.
________________________________________________________


DANIELLA FARIA DE ANDRADE
Enviado por ANTONI BIGCUORE em 25/12/2018
Reeditado em 26/12/2018
Código do texto: T6535176
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANTONI BIGCUORE
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
2491 textos (949125 leituras)
87 áudios (67015 audições)
1 e-livros (165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 14:23)
ANTONI BIGCUORE