Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sexo com 3

Ménage à Trois
 
É uma maneira de praticar relação sexual com três pessoas, sendo que o casal unido legalmente convida outra para o coito; seja homem ou mulher para realizar fantasias sexuais; que pode classificar como um relacionamento aberto, em que a relação afetiva entre os parceiros aceitam uma forma de não-monogamia, entrando uma terceira pessoa na relação sexual, sem ser considerado como traição ou infidelidade conjugal para os seguidores desta prática. Quanto ao Ménage à Trois, é uma palavra francesa que literalmente significa: Família de três - Se refere a uma relação erótica e afetiva que envolve três pessoas.
Inicialmente, temos a obrigação de compreender que todo comportamento praticado pelas pessoas que a Bíblia classifica como pecado, acontece consequências terríveis na vida de cada ser humano. De maneira que encontramos Deus instituindo o casamento como relacionamento fechado entre o casal; de maneira que cada um pode desfruta do sexo com o cônjuge sem o menor medo de está pecando; porque ambos são uma só carne.
Quando entra a terceira pessoa para relacionar-se  sexualmente, termos uma perversão, abominável aos olhos do Senhor; de maneira que a Bíblia narra que não existe como amar duas pessoas ao mesmo tempo.
No primeiro caso, o casal torna-se uma só carne:
Marcos 10:7-8-9
07 - Por isso deixará o homem ao seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher,
08 - E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne.
09 - Portanto, que Deus ajuntou não separe o homem.
No segundo caso, não existe como amar a dois ao mesmo tempo:
Marcos 6:24
Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou se dedicar a um e desprezar a outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
Um relacionamento a três é uma fonte geradora de grande problemas; não existe como um casamento resistir a uma agressão como essa. Inicialmente, um dos cônjuges fica fora do jogo enquanto o outro desfruta profundamente do orgasmo. Quando começa a acontecer uma das partes sente-se agredida pela situação, e vem um profundo ciúme porque o companheiro(a) sentiu prazer com a outra pessoa convidada. Embora os iludidos com esse tipo de fantasia pensem que o sexo a três é feito para agradar, na realidade gera mágoas.
Cântico 4:12
Jardim fechado és tu, minha irmã, esposa minha, manancial, fonte selada.
Perceba que a Palavra de Deus, mostra com muito carinho que o casamento não pode ser violado, porque é uma dádiva Divina, e quando alguém implementa impureza a relação sexual, passa a sofrer de grandes danos por toda vida.
Outra coisa que não podemos perder a oportunidade de aprender; é que “O diabo quer destruir a tua família, porque ele não tem nenhuma família”.
João 10:10
Disse Jesus: O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.
Que o homem queira admitir ou não o sexo é uma ação que não envolvem somente o corpo físico; mas a alma está inclusa no momento do coito. Talvez algumas pessoas imaginem que só acontece a troca de fluidos e conjunção carnal. Todavia, está inserida as mais profundas emoções da alma acontecendo sentimentos e apegos no mundo espiritual, além de um pacto de sangue. Quando o mundo espiritual está se processando, as pessoas que consuma a relação sexual ilícita abre legalidade os demônios atuarem em suas vidas.
Talvez você até pense que isso é ideia de um evangélico fundamentalista; mas você tem toda liberdade de consultar a Bíblia Sagrada e perceber que a imoralidade é um dos principais agravantes que separa o homem de Deus.
Efésios 5:5
Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idolatria, tem herança no Reino de Cristo e de Deus.
I Pedro 2:11
Amados, peço a vocês, como peregrinos e forasteiros que são, que vos abstenham das paixões, das paixões carnais, que fazem guerra contra a alma.
        Ao criar o primeiro casal Adão e Eva, o Senhor contemplou o ápice da sua grande obra; porque foi segundo a sua imagem e semelhança, um casal que deveria ser perfeito. Mas, lamentavelmente, eles pecaram e esse mal contamina todos os homens.
Mas, quando um casal anda segundo a Palavra de Deus, tem condição de resgatar esse valor espiritual que foi perdido no jardim do Édem.
O amor conjugal dar oportunidade positiva para as possibilidades humanas, de maneira que um casal fiel ao Senhor, e capaz de realizar grandes feitos. Mas, quando perdem o valor espiritual que Deus dar a cada ser humano; e começam a prática sexual deliberada do Ménage à Trois, com o passar de pouco tempo vão a loucura, no caminho que conduz a infidelidade conjugal; então é nessa hora que acontece a destruição completa do casamento.
Todas essas barbáries espirituais acontecem por causa da pseudo liberdade que os pecadores seguem, culminando com fenômenos  sobrenaturais que subverte a vida e alma humana, obrigando entrar no estado de dissolvência.
Ezequiel 18:4
Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá.
Na Palavra de Deus podemos encontrar séria advertências a respeito das consequências geradas pelo pecado; de maneira que o Senhor não engana a ninguém, sendo bem claro quanto a condenação eterna.
Romanos 6:23
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.
A relação sexual com uma pessoa fora do casamento, ou com parceiros diferentes a cada dia é algo interessante, não resta dúvida que poder gerar um grande prazer, até de faltar o fôlego diante do gozo. Entretanto, devemos compreender que todo pecado tem o poder de promover um momentâneo deleite; é tanto que nas bebedeiras, drogas e o diversos tipo de orgias, podemos observar que as pessoas chegam ao clímax das emoções. Ora, se não promovesse esse estado de euforia, certamente as pessoas não estariam envolvidas.
Mas, como falei no texto acima sobre o breve e momentâneo prazer que em poucas horas se transforma em um verdadeiro suplício, e o menor efeito é a ressaca física e moral.
Um evento que não pode deixar ser  mencionado, é que as pessoas praticantes de Ménage à Trois, com o passar do tempo começam a sofrer de uma forte depressão, insônia, crise existencial e um desejo profundo de suicídio. Tudo porque a alma fica tão encharcada de pecado, que perde todo o sentido da vida biológica. Quando acontece esse evento, vem o pensamento que cita: “Dentro de um suicida existe alguém querendo viver”.
Então, para conseguir a vitória sobre toda adversidade de uma pessoa envolvida com essa fantasia sexual; a primeira coisa a fazer aceitar a Jesus como salvador; abandonar a prática do Ménage à Trois, que as coisas começaram a dar certo na vida.
Contudo, não podemos deixar de mencionar que todas as coisas realizadas no passado serão perdoadas; mas, ficarão cicatrizes na alma que servirão para advertir as pessoas para nunca mais se envolver com a depravação de outrora. Para você entender o que citamos; imagine alguém que passou muitos anos tomando bebidas alcoólicas ou até mesmo fumando. Certamente, ficará as sequelas como problemas no fígado, rins, coração, e etc. Na vida social, intrigas de contendas passada, até cicatrizes no corpo por algum acidente ou luta corporal sob efeito do álcool.
Os sobreviventes do Ménage à Trois, serão acusados das suas vidas passadas (por pessoas que pensam serem melhores/Hipócritas), atormentadas por sonhos eróticos do fenômeno “Polução Noturna”; a tentação de transar novamente como antes em um relacionamento doentio; o convite de parceiros(a) do passado que ainda continuam na mesma vida; no caso do homens pode acontecer o disfunção erétil uma vez que a nova vida não oferece tantas opções durante o sexo; e nas mulheres a frigidez ou perda de interesse pelo sexo, uma vez que a nova maneira de relacionar-se exige que seja somente com o seu esposo, o que algumas vezes pode cair na rotina, mesmo local, as poucas posições eróticas e ao mesmo tempo o mesmo companheiro conjugal o que de certa maneira já sabe o próximo passo e não proporciona nenhuma novidade.
Caso o casal que foi regenerado através do amor de Jesus Cristo, passe a sofrer de algum dos quadros citados acima e outros que possam surgir durante a vida; deve imediatamente buscar ajuda profissional de um sexólogo e terapeuta para que seja orientado a encontrar respostas satisfatórias para tirar o melhor proveito da vida sexual.
Caso não queira a ajuda profissional, outra forma de superar o contratempo é fazer pesquisas sobre uma vida sexual prazerosa e pura aos olhos de Deus, que pode ser encontrado em livros e apostilas de escritores cristãos, que existem milhares de estudos gratuitos na internet. Sem falar em vídeo aulas que são oferecidas também na web. Mas, deve-se prestar a atenção para não se contaminar com conteúdos pornográficos que possam gerar novos prejuízos.
   Nos temas anteriores foi citado muitas vezes como ter um relacionamento conjugal cristão recheado de momentos íntimos com danças, diálogo apropriado para o momento, música não pornográfica, brinquedos e brincadeiras caso o casal goste de usá-los, os beijos, toques, massagens, preliminares, penetração e orgasmo (gozo). Todos orientados e adequado para uma relação sexual prazerosa de um casal que realmente tema a Deus e busca a cada dia a santificação.
Eclesiastes 9:9
Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deus debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade; porque esta é a porção nesta vida, e no teu trabalho, que tu fizestes debaixo do sol.
O sexo é uma dádiva de Deus quando praticado dentro do casamento e os ensinamentos que a Bíblia Sagrada repassa para todas as pessoas. Então cada um deve aproveitar desfrutando de todos os momentos de felicidade e prazer que possa alcançar.
No entanto, todo cuidado é pouco para não macular essa benção vinda da parte do Senhor, adicionando elementos pornografices e a presença de uma terceira pessoa dentro da intimidade do casal, porque isso não condiz com os princípios espirituais santos que o cristão deve obedecer.
Hebreus 13:4
Digno de honra seja o casamento entre todas as testemunhos, bem como a pureza do leito conjugal; porquanto, Deus julgará os imorais e os adúlteros.
Que Deus abençoe rica e abundantemente a sua vida conjugal.


Pastor Robson Colaço de Lucena
OTPB - Ordem dos Teólogos e Pastores do Brasil
MMA - Ministério Missão América
Pastor Robson Colaço
Enviado por Pastor Robson Colaço em 05/09/2019
Reeditado em 23/09/2019
Código do texto: T6737707
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Pastor Robson Colaço de Lucena). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Pastor Robson Colaço
Alagoa Nova - Paraíba - Brasil
350 textos (31442 leituras)
292 áudios (9051 audições)
5 e-livros (83 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/01/20 03:21)
Pastor Robson Colaço