Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma vez na prisão

- Você é bem durona, não é Gipsy? Sei que é fácil se convencer de algo que você não é. E pode fazer isso lá fora. Dá para seguir em frente.  Basta se manter ocupada pra não ter de encarar quem você é. Mas você é fraca.
- Saia de perto de mim!
- Sou como você. Também sou fraca. Não consigo passar isso aqui sem ter alguém para tocar e amar. Isso acontece por que o sexo alivia a dor? Ou por que sou um monstro sexual? EU NÃO SEI! Mas sei quem eu era antes de entrar aqui. Eu era alguém com uma vida que eu tinha escolhido.  E agora o lance é superar um dia de cada vez sem chorar. E ainda tenho medo. Tenho medo por eu não ser eu mesma aqui ou tenho medo de simplesmente ser. As outras pessoas não são o pior da cadeia, Gipsy,  a parte mais assustadora é encarar quem você realmente é, pois uma vez aqui dentro,  você não tem pra onde fugir mesmo se conseguisse correr. A verdade te encontra aqui. E  você acaba descobrindo quem é de verdade.

(OITNB)
Gabriella Gilmore
Enviado por Gabriella Gilmore em 04/10/2015
Reeditado em 04/10/2015
Código do texto: T5404224
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gabriella Gilmore
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
448 textos (55396 leituras)
16 áudios (1274 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 00:50)
Gabriella Gilmore