Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paisegem lúdica

Paisegem lúdica

Era uma paisagem ancestral,
Existia à muitos muitos anos.
Era uma vista linda mas real,
Corria ali uma ribeira de cristal
Morava um casal de moleiros idosos.

A ribeira, movia a roda da azenha
Que fazia as mós se moverem,
Na mata apanhavam sua lenha.
Simpatia a quem por ali venha,
Com seu labor não enriqueceram.

Naquela courela junto à ribeira,
Onde os grilos na noite cantavam.
Parecia uma orquestra verdadeira
Também se ouviam nas tarde soalheira,
Não tinham mestre que os orientava.

Junto ao açude, perto dos socalcos
Havia ali muitas violetas floridas.
Os cardos que picavam pés descalso,s
Oss pobres sofiam destes precalsos,
Mas ali eles tratavam suas feridas.

Enquanto na azenha a mó rodava,
Transformando o grão emfarinha.
A velha moleira a moenda entregava.
O sorriso e a alegria não faltava,
Cabelo alvo como coroa de raiha.

Na malhada das colmeias, as abelhas
Iam transformandoo polén em mel,
No prado pastavam além as ovelhas,
Na charneca carregavam as parelhas,
Estavam distraídos não viram o Manel!

J. Rodrigues (Galeano) 17/07 2016










Galeano
Enviado por Galeano em 17/07/2016
Código do texto: T5700459
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 83 anos
647 textos (111108 leituras)
14 áudios (2008 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 08:58)
Galeano