Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁBIOS DE CETIM

Uma flor para outra flor

O rapazote desejando enamorar - se (...) Toma a moça pela mão, fazendo ou tentando fazer um verso de momento. Por certo, o galanteio não dura para sempre, embora a ideia de amor custe em passar, nas horas incertas, traduzindo doces suspiros. Olha e olha bem a donzela que aceita a 'côrte' abrindo sorriso pueril. Quanta delicadeza! Gestos simples colocam em amostra a boa educação de uma dama.

Naquele instante, inda mais importante que todos os outros, a ternura vai de encontro com a singeleza juvenil. Encanto adoçado pelo canto. Cupido travesso? Qual! Em pensar que os dois nem haviam percebido a 'natural coincidência'. O mancebo se vira, levemente, de frente para a amada, um tanto encabulada, com tamanha 'levada amorosa'. Tece um e outro elogio a fim de semear suas reais intenções quando estas, de sobressalto, denunciam vosso sentimento pela 'quem sabe futura noiva'.

Seria ir com muita sede ao pote?

Thiago Valeriano Braga
Cervantes
Enviado por Cervantes em 31/07/2020
Reeditado em 31/07/2020
Código do texto: T7021948
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Cervantes
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 30 anos
256 textos (2025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 21:52)
Cervantes