Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS A CORINA

Ósculo

Imaginemos.. Menina doce de sorriso mais doce ainda no qual o bom rapaz lhe faz 'a côrte' (paquera da época). Esse mesmo rapaz olha para a amada de muitas maneiras na tentativa não de agradá - la mas explicar 'os por quês' de ser, estar e poder.

Machado de Assis foi feliz na sua iniciativa que passa de simples galanteio à um texto digno de todos os suspiros [inclusive dos tolos apaixonados]. O poema em sua rima e métrica oferece - nos uma noção de tempo/espaço capaz de endossar nossas ideias acerca do mundo moderno. Existe como sempre existiu impasses em torno deste ou daquele assunto carecendo de momento/chegada a francesa.

Não é em qualquer esquina que havemos de encontrar Korina mas talvez 'Karina' para os dias de hoje.

Thiago Valeriano Braga
Cervantes
Enviado por Cervantes em 02/07/2020
Reeditado em 02/07/2020
Código do texto: T6993668
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Cervantes
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 30 anos
236 textos (1866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 05:16)
Cervantes