Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CLASSES GRAMATICAIS



Em PORTUGUÊS, palavras distribuídas em dez classes gramaticais, com base em 3 CRITÉRIOS:

1--SEMÂNTICO - significação da palavra;  2--FORMAL, MORFICO ou MORFOLÓGICO - estrutura da palavra, análise dos morfemas (pedaços) constituintes;  3-SINTÁTICO - função da palavra na frase.

                              - - - - -

CLASSIFICAÇÃO DAS CLASSES GRAMATICAIS

1-Classes do NOME - substantivo, adjetivo, artigo, numeral, pronome - variáveis, isto é, flexional  /  2-Classes do VERBO - verbo, variável,  advérbio, invariável / 3-Classes RELACIONAIS - preposição, conjunção, invariáveis / 4-Classe INDEPENDENTE - interjeição, invariável

                                - - - - -

GRUPOS NOMINAL E VERBAL (classes do nome e do verbo) - A frase se organiza em pequenos grupos. Em cada grupo, a palavra mais importante é o núcleo do grupo e as palavras que se referem ao grupo são palavras dependentes:

1-O menino     /menino/    /O/

2-chegou cedo.     /chegou/    /cedo/

Todo grupo é sempre constituído de um núcleo /menino - chegou/ + palavras dependentes /O - cedo/.  Nesta frase, a palavra exerce sempre uma destas funções:   núcleo ou dependência do núcleo.  //  O grupo cujo núcleo é um nome chama-se grupo nominal (GN) ou classes do nome;  se for verbo, grupo verbal (GV) ou classes do verbo:  “O menino /GN/ chegou cedo /GV/.”

CLASSES DO NOME - Núcleo do GN - pode ser substantivo, pronome ou numeral, sendo que a função básica de núcleo do GN é o substantivo:  “Você (núcleo pronome) acha o zero (núcleo numeral) um número (núcleo substantivo) importante?”  //  As palavras dependentes do substantivo pertencem a 4 classes:  artigo, adjetivo, numeral e pronome:  “As folhas (núcleo) verdes /GN/ enfeitam /GV/  o ninho (núcleo) dos pássaros GN/.”

1---Primeira classe - SUBSTANTIVO ---  SEMANTICAMENTE, indica os seres, isto é, tudo que tem vida real ou imaginária - menino, livro, cadeira, carro, saci, ninfa / MORFOLOGICAMENTE, varia em gênero-número-grau:  “menino, menina, meninos, menininho, meninão etc.” / SINTATICAMENTE, pode ser núcleo de sujeito, vocativo, aposto,objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, adjunto adnominal, adjunto adverbial, predicativo do sujeito, predicativo do objeto, agente da passiva:  “O cão fugiu.  Quero leite gelado.  Preciso da vassoura.  A obra da casa foi concluída.  O sapo está sob a roseira.”

2---Segunda classe - ADJETIVO --- indica as características dos seres:  “Borboletas leves e azuis” / varia em gênero, número e grau:  “Linda flor, belos pássaros, agradabilíssimo ambiente, isto é bom, lá é melhor.” / sintaticamente, palavra dependente do núcleo do GN, podendo exercer as funções de adjunto adnominal, predicativo do sujeito, predicativo do objeto direto:  “Linda voz, sua voz é linda, achei linda sua voz.”

3---Terceira classe - ARTIGO --- determina ou idetermina osseres:  “O menino chegou.  Basta um aluno.” / varia em gênero e número:  “Uns cravos ou umas rosas?” /  palavra dependente do núcleo do GN, exerce a função de adjunto adnominal:  “Quer ver os gatos?”

4---Quarta classe - NUMERAL --- indica o número, a ordem, a multiplicação e a divisão dos seres:  “Dois alunos, o segundo a chegar, o dobro ontem, um décimo hoje.” / varia em gênero e número: “Dois, duas, segundos, terceiras.” / numeral substantivo é núcleo do GN, numeral adjetivo é dependente do núcleo do GN;  conforme valor, assume funções do substantivo e do adjetivo:  “Dez pássaros voaram.  O dez é um numeral.”

5---Quinta classe - PRONOME --- refere-se aos seres, indicando-as como pessoa do discurso:  “Eu almocei.  Você viajará?  Ele não.” / pode variar em gênero, número e pessoa:  “Ela foi embora.  Algum anúncio?  E essa reclamação?   Vossa maquilagem.” / pronome substantivo é núcleo do GN e exerce funções do substantivo, pronome adjetivo é dependente do núcleo do GN e exerce funções do adjetivo:  “Este jogo é decisivo?  Nada é decisivo.”

CLASSES DO VERBO - Verbo, núcleo do  GV;  advérbio, função de dependente do núcleo do GV:  “As nossas conversas iam (verbo) longe (advérbio).

6---Sexta classe - VERBO --- morfema lxical (base de significação) + morfemas gramaticais (vogal temática, desinências, sufixo) - informa o tempo de uma ação ou estado:  “Eu sou forte.  Apertei o tudo da mangueira.” / varia em pessoa, número, tempo e modo:  “Falo-falas-fala (pessoa), falo-falamos (número), falo-falei-falarei (tempo), falei/falasse (modo).” /  núcleo do GV quando verbo de ação no predicado verbal ou um dos núcleos no predicado verbo-nominal:  “Ele voltou tarde e voltou cansado.”

7---Sétima classe - ADVÉRBIO --- informa uma circunstância da ação - de tempo, modo, lugar, negação, causa etc. - e intensifica uma qualidade:  “Chegou cedo.  Agi calmamente.  Ficarei aqui.  Ela é muito carinhosa.” / invariável - alguns advérbios somente em grau:  “Aqui, lá, ali, não, sim, devagar, cedo = cedinho. Tarde = tardinha.“ / palavra dependente do núcleo do GV, exerce função de adjunto adverbial:  “Falei pausadamente.  Homem completamente aturdido.”

PALAVRAS RELACIONAIS - As palavras, dentro de um GN ou GV, podem ter dois processos de relacionamento:

1-Coordenação - “Comprei canetas e lápis de cor (objetobdireto).” - canetas e lápis, palavras independentes uma da outra, porém exercendo a mesma função coordenada.

2-Subordinação - “Comprei o (dependente) o livro (palavra principal, núcleo) de latim (dependente).”  - no objeto direto, um relacionamento de dependência ao núcleo.  Uma palavra é subordinada a outra quando exerce determinada função em relação essa palavra.  Para relacionamento de coordenação ou de subordinação, existem  duas classes gramaticais, preposição e conjunção.

8---Oitava classe - PREPOSIÇÃO --- não varia, é classe fechada:  “A, ante, após, até, com, contra, de, desde. Em, entre, para, por, perante, sem, sob, sobre, trás.” / liga palavras, subordinando uma a outra, liga termos que exercem funções sintáticas diferentes:  “É um homem de caráter.  A casa de madeira é minha.  Ele nasceu em Portugal.”

9---Nona classe - CONJUNÇÃO --- não varia, é classe fechada:  “E, mas, portanto, porque que, pois, quando, embora, se etc.” / liga orações, coordenando ou subordinando uma a outra:  “Romeu e Julieta se amavam.  Ele ficou famoso e rico.  Ela sorriu, mas calou-se raivosa.  Eu afirmo que chegaram.”

CLASSE INDEPENDENTE - Nenhuma relação sintática com as demais classes.

10---Décima classe - INTERJEIÇÃO --- exprime emoções:  “Ai! (dor) -Oba! (alegria) / não varia:  “Ah!  Oh!  Alô!”  / não exerce função sintática:  “Ih!”

                                        F  I  M
Rubemar Alves
Enviado por Rubemar Alves em 04/06/2017
Código do texto: T6017886
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rubemar Alves
Salto - São Paulo - Brasil, 50 anos
475 textos (13415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 04:26)
Rubemar Alves