Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como os amores

O questionar de seus ardores,
De fazer-se como os versos,
E nada mais de seus clamores,
E hirtos versos já ser descritos.

Como os amores e quem,
De casa o horizonte serve,
De clamas como o também,
E de que o relato se move.

Refrão
Destina-se com o sucesso,
E de cada novo Universo,
De colocar mel no corpo,
E de correr como um papo.

De cada mover e lábios,
E seremos seres sérios,
E não alarmemos sentes,
De um ser que não mentes.

De cuidado de quem fala,
E sugestiona como voz,
E cada e a palavra e bom cala,
E esse sacia como nós.

Refrão
Destina-se com o sucesso,
E de cada novo Universo,
De colocar mel no corpo,
E de correr como um papo.

O corpo de amor venturoso,
Ser um homem amoroso,
Fazer daquele alimento gostoso,
Chocolate e ser como ditoso.

De cada errática sua vontade,
De limitar-se como a metade,
De ser mais de palavra idade,
O sem amor como que ade.

Refrão
Destina-se com o sucesso,
E de cada novo Universo,
De colocar mel no corpo,
E de correr como um papo.

Gumer Navarro
Enviado por Gumer Navarro em 06/08/2020
Código do texto: T7027980
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Gumer Navarro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
5316 textos (17292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 23:31)
Gumer Navarro